Diário de Travis Ford

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diário de Travis Ford

Mensagem por Travis Ford em 24.08.14 17:29




DIÁRIO


- Huh!?

Acordava assustado, olhando ao seu redor sem entender o que havia acontecido ou aonde estava. Levou a mão direita até o rosto e percebeu que estava com a pele suada. Ele tirou então o excesso de seu rosto com a palma da mão e sentou-se na cama, curvando o corpo e olhando para as próprias pernas. Precisou de apenas alguns segundos para entender que estava em um sonho, um sonho daqueles nada agradáveis. Ele queria dormir novamente, porém a sensação úmida na cama e o corpo levemente grudento incomodavam e ele não conseguia relaxar.

- Ah... Droga...

Era um dia de folga na Mansão X e não havia treino marcado, logo, poderia dormir até mais tarde, entretanto sua mente conturbada não e os sonhos com seu pai atrapalhavam seu descanso. O jovem mutante levantou-se e foi até o banheiro, onde entrou no chuveiro, sem aquecer a água, e ficou sentado no chão enquanto a água caía sobre o seu corpo. Ele tremia de frio, mas parecia não se importar. Aquela sensação era ruim, mas ele a aceitava como se fosse algum tipo de punição. Ele não tinha culpa no falecimento do pai, mas desejava ter conversado mais com ele ao invés de se distanciar para afetá-lo. Quem disse que arrependimento não mata, estava errado. Arrependimento mata aos poucos e se a pessoa não se perdoar, acaba sendo engolida por suas próprias trevas.

- Por que eu?

Travis esticava a mão à sua frente e de repente a água parava de cair, passando a flutuar ao seu redor. A ausência de gravidade naquele espaço criava uma cena linda e magnífica, a qual Ford recebeu justamente ao descobrir que seu pai morreu. O que tinha a ver essa relação? Seria uma simples coincidência? Seria o impacto emocional ou algum tipo de bloqueio relacionado à vida de seu pai? Eram perguntas que ele fazia à si mesmo. Nunca pensou muito na relação dos mutantes com a sociedade, tanto por viajar com o pai pelo mundo à trabalho, quanto por pouco se importar, afinal ele não era um. Tudo havia mudado e ele agora era um daqueles seres que tanto ignorou. Cansado de ver aquela bela cena, abaixou a mão e a água voltou a cair normalmente sobre o seu corpo, mas ele já estava cansado de ficar sentado e tomou um banho da forma correta, lavando e limpando o corpo, secando com uma toalha qualquer, cuja cor não importava. Sua mente estava conturbada demais para pensar em pequenos detalhes.

"Acho que vou sair para uma corrida!"

E assim foi em seu armário, o qual ainda estava praticamente vazio, pois Ford não tivera tempo de arrumar as poucas roupas de forma organizada. Pegou um calção e vestiu um par de tênis confortáveis. Após se vestir, abriu a janela e saltou, sem olhar para o que havia embaixo e desafiando a física, caiu como se fosse uma folha, sem causar impacto algum no chão. E ali mesmo iniciou a corrida ao redor da mansão, usando o cansaço físico para esquecer o sonho triste e a dura realidade.

Thanks for @Lovatic, on CG

avatar
Travis Ford

Mensagens : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum