Diário super secreto da Giulianna Compagnonni

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diário super secreto da Giulianna Compagnonni

Mensagem por Giulianna Compagnonni em 12.02.15 17:47



My daily
There's just too much that time cannot erase
 
Dor de cabeça era a única coisa que eu me lembrava depois da sessão com a psicóloga, nunca adianta a consulta, eu nunca lembro das coisas, não sei o que fui fazer naquele pub e não tenho ideia do que aconteceu lá. Cheguei em casa e tomei um chá, que sempre fica a minha espera na cozinha, preparado pela empregada, já era bem tarde, a ultima consulta que a psicóloga deu, subi para meu quarto tirando a roupa, com a xicara na mão, estava bem quente, cheguei no meu quarto nua e com as roupas debaixo do braço, terminei de tomar o chá calmamente, sentada em minha cama, levantei e coloquei a xicara na mesa do computador, joguei as roupas na cama e fui para o banheiro.

Tomei uma ducha demorada, a dor ainda ocupava minha mente, não tomei conhecimento da deliciosa agua que saia pelo chuveiro, então desliguei o chuveiro e peguei a toalha, me enxugando enquanto ia para o quarto, abri o guarda roupas e vesti a primeira camisola que vi, joguei a toalha na cadeira do computador, junto com as roupas que estavam sobre a cama, puxei a colcha da cama e me joguei em baixo das cobertas, relaxei o corpo no lençol macio, não demorou muito ate que eu apagasse.

-Minha linda flor de lótus, bom dia!- a luz estava bem forte , mal consegui enxergar, havia uma janela ao lado do berço onde eu estava, a mulher me pegou no colo sorrindo, era ruiva, branca pálida, suas mãos eram firmes e delicadas, fazia carinho em meus cabelos, seu cheiro era agradável e a pele era macia.
- O que você esta fazendo? Tem que ir arrumar as coisas!- disse uma voz estranha, alto, assustei-me e chorei, estava com muito medo –Fale baixo, esta assustando ela!- disse a voz feminina, dando tapinhas em minhas costas para me acalmar – Este planeta esta sendo invadido, aqui não é seguro para vocês!- disse a mesma pessoa em um tom mais baixo –Não irei deixa-lo –disse a mulher – E vai deixa-la morrer, eu não posso ir, mas você pode e vai protege-la! Fora de Nibiru vocês viverão bem - a voz masculina voltou a subir de tom, comecei a chorar novamente –Xiuu, vamos conversar lá fora- a mulher finalizou, fazendo caricias em mim e  recolocando-me em meu berço.


Acordei em um pulo, meu coração disparado, parecia que ia sair da minha boca, meu sono passou totalmente, levantei e fiquei andando de um lado para o outro, aquilo não fazia sentido, escrevi o sonho em um pedaço de papel e fui para a biblioteca.

A biblioteca fica no primeiro piso, bem abaixo do meu quarto, não demorei muito para chegar lá, não frequentava ali, nunca fui uma fã de livros antigos, mas aquela noite eu não tinha nada para fazer e tinha certeza que naquele lugar ninguém ia me chatear. Comecei a andar pela biblioteca caçando algo para ler, mas naquele monte de livros não tinha nenhum romance, apenas astronomia, não fazia ideia que minha mãe adotiva gostava tanto assim de planetas e essas bobagens.

Peguei um livro qualquer numa prateleira alta, não havia inscrições nele, apenas uma capa vermelha, lisa e muito bonita, foliei as paginas e então descobri que era um álbum de fotografias, tinha fotos de minha mãe adotiva com um casal, todos jovens, eu não reconheci a paisagem, o homem ao lado de minha mãe era muito diferente de um ser humano, mas estranhamente bonito, a mulher ao seu lado era ruiva e pálida como eu, uma ideia repentina me passou pela cabeça, larguei o álbum e peguei alguns livros de astronomia e comecei a procurar pelo tal planeta Nibiru, talvez não fosse apenas um sonho, minha psicóloga falou que as lembranças podiam surgir como sonhos, apesar da ideia de ser um extra terrestre fosse bem bizarra.



COM: Alguém ? ONDE: Aqui ? VESTINDO: Isso ? POST: 000

@Lilah
avatar
Giulianna Compagnonni
Mutante
Mutante

Mensagens : 102

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum