Diário de John A. Denis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diário de John A. Denis

Mensagem por John A. Denis em 19.09.14 22:36



Era uma vez...
Diário de John A. Denis, pode ter participações de outras pessoas, principalmente da Aura, a Aurora.

Então sente-se, pegue uma pipoca ou qualquer outra coisa que você queira, e aproveite!

*Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência e idiotice*
THE RAVEN@ CG!
avatar
John A. Denis

Mensagens : 54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Diário de John A. Denis

Mensagem por John A. Denis em 19.09.14 22:57



Dia de Tédio

E lá estava eu, correndo de volta para a minha casa depois de ter comprado as melhores cenouras da melhor fazenda do país. Elas tinham sido meio caras, mas quando se pode usar a supervelocidade para ajudar a fazer algumas tarefas elas saem quase de graça.

Então eu continuava a atravessar, desviando de algumas pessoas e objetos até chegar ao meu bairro. Ele não era nada luxuoso, mas tinha seu valor. Poucos eram os moradores sem educação e tinha um parque arborizado bom para alongar e aquecer.

Subi as escadas e aproveitei para escapar das reclamações dos síndicos sobre as contas. A culpa não é minha se às vezes eu esqueço... Mas naquela hora essa era a última preocupação, cheguei ao meu apartamento usando a intangibilidade para atravessar a porta.

- Aurora! Aura! Vem cá vem! – Gritei sem receber resposta.

Esperei alguns segundos e fui ver o que estava acontecendo, corri até o quarto e vi minha tartaruga se esforçando para ir até mim. Às vezes eu estranhamente esquecia que ela não era um cachorro. Bem, pelo menos tinha o tamanho de um. Graças a um pequeno “buraco” em forma de hexágono no centro de seu casco ela não tinha crescido mais que 25 centímetros. Se eu quisesse dava até para levar em uma mochila versão patricinhas de Bervely Hills.

Então quebrei as cenouras ao meio e fui colocando os pedaços para ela mastigar enquanto fazia cafuné. Aquilo sempre me deixava feliz, ela parecia que sorria e me fazia lembrar o porquê de seu nome. Sempre que corro tem uma aura que me protege dos perigos como o atrito, falta de oxigênio, entre outros. E é basicamente isso que a Aurora, ou Aura, também faz. Talvez sem ela a minha sanidade não fosse a mesma.

Quando toda a comida tinha acabado arrumei minha casa correndo em poucos minutos. Primeiro o quarto, ele não era muito grande, tinha minha cama a escrivaninha, alguns posters de arte e um espelho. Depois o corredor, a cozinha, já um pouco maior, com espaço para o fogão, a geladeira, algumas gavetas e despensa sempre cheia. Logo outro corredor e a sala, de um lado basicamente um sofá de frente para uma estante com a televisão e do outro minha mesa de jantar.

Por fim a varanda, dando uma vista para a rua e se inclinasse um pouco era possível ver o parque. Para descansar um pouco do serviço, arrastei as duas cadeiras para longe da mesa, coloquei uma mini-rede, peguei a raquete e a bolinha de ping pong. Estava na hora do meu esporte favorito.

Aquilo era muito legal, acertar a bolinha e correr para o outro lado, repetindo o processo várias, várias e várias vezes. Quem dera eu pudesse fazer o dia inteiro, correndo de um lado para o outro e jogando ao mesmo tempo enquanto Aurora se divertia me assistindo. Mas dinheiro não caía do céu. Eram duas horas da tarde e meu expediente na pizzaria já ia começar.

Cheguei lá em segundos e vi meu chefe sorrindo. A pizzaria pagava os motoboys por cada entrega, o que era bom para mim. E assim era meu dia por duas horas, indo da pizzaria para a casa do cliente. O único lado ruim era ter que resistir ao cheiro delicioso. Tanto que algumas vezes eu comia alguns pedaços, principalmente as de pepperoni, só que graças à supervelocidade eu ainda ficava contratado.

Só que simplesmente decidi parar de entregar e passei o tempo correndo ao redor do parque. Era ótimo para aquecer os músculos. Também aproveitei para fazer muitas sessões de flexão e abdominal. Então voltei a entregar.

Tinha passado o tempo, peguei meu salário do dia e voltei para casa. Tentei assistir televisão, só que o melhor programa que passava era um da Ásia sobre morder coisas até encontrar algo feito de chocolate. Não ficava bom nem dobrando a velocidade.

Tentei descansar por um tempo, deitei na minha cama olhando para o teto e já comecei a mexer meus dedos da mão e o pé, formando um compasso acelerado. Depois sentei no sofá, só que não achava uma posição confortável o suficiente.

- Vem Aura, vamos dar uma volta. – Falei suspirando.

Peguei-a no colo e já fui saindo do prédio. No caminho encontrei o síndico, corri em volta dele enquanto entregava parte do meu dinheiro e depois seguia em linha reta. Meu destino dessa vez seria... A Disney!

Enquanto passava recebia reações diferentes, tinha gente que ria, alguns carros buzinavam e pessoas tentavam jogar coisas em mim. Bem, não fazia muita diferença, já que chegaríamos mais rápido que eles de qualquer jeito.

Depois de algum tempo fazendo tudo aquilo, lá estávamos nós de frente para o Castelo! Então fui primeiro em direção a área de vendas, peguei um chapéu de Mickey e um mini-Minnie.

- Agora sim estamos apropriados para a ocasião.

Soltei uma leve risada colocando em nós. Fui até a parte das comidas, onde experimentamos várias típicas de alguns países. Logo fomos aos brinquedos, indo primeiro, obviamente, em todas as montanhas-russas e em algumas tampando os olhos de Aurora para ela não ter medo. Eu estava tão feliz com ela que até os mais chatos foram extremamente divertidos. E claro, tirando foto de tudo e de nós com minha polaroid.

Visitamos alguns dos últimos brinquedos e shows que sobraram e já estávamos indo de volta para casa. Foi novamente o trajeto, vendo as mesmas reações das pessoas até chegar ao meu bairro. Subi correndo pela própria parede, entramos pela varanda, indo direto para o quarto.

- Agora boa noite, Aura. - Falei fazendo carinho.

Então coloquei as fotos no mural com as das várias outras viagens que tínhamos feito juntos. Por fim fui para a cama, dormindo depois de combinar música clássica com o balançar das mãos e pés.

THE RAVEN@ CG!
avatar
John A. Denis

Mensagens : 54

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum