Inicio do Jogo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Inicio do Jogo

Mensagem por Harkness em 30.08.14 12:31


Stranger Island

...  

 ㅤㅤㅤ

Cristian Mordre era um Magnata que vivia em NY, mesmo tendo uma empresa multi-nacional, seu maior lucro vinha de seus trabalhos no mercado negro.
Venda de artes roubadas, tráfico de armas, tráfico de drogas e mulheres, venda de orgãos, tudo que fosse ilegal e lucrativo com certeza teria a marca de Cristian.
Devido a motivos particulares, o homem começou uma busca implacável pelo jogo Stranger Islad, acreditando na lenda que era contada há gerações.
Depois de adquirir o jogo, Cristian mandou primeiramente seus capangas para dentro do jogo, mas a maioria teve seu personagem resetado e morreram na transação do mundo virtual para o mundo real, a causa deste fenômeno ainda era desconhecido para os que estavam no plano real.
Decepcionado, Cristian contratou alguns mercenários e os enviou para dentro do jogo, alguns tiveram seus personagens resetados e morreram como os antigos capangas, outros ainda permaneciam no jogo.
Em uma ultima tentativa desesperada, Cristian havia mandado uma mensagem para todas as redes midiáticas do mundo, convidado aqueles que se achavam capazes de vencer o jogo, mas sem maiores detalhes.
Muitos humanos comuns se interessaram, e para escolher somente os melhores, Cristian pedia testes físicos, mentais, de batalha, de estratégia, entre outros.. Todos aplicados por um grupo de capangas altamente treinados.
O número de pessoas que passaram por esses testes foi baixíssimo, e no dia seguinte, todos os que passaram no teste se encontraram na central de comando para poder entrarem no jogo.


__________________________________________

Central de comando - 14:00

Numa mansão antiga com traços de arquitetura vitorina, o grupo de jogadores escolhidos se encontravam numa sala escura.
- Sejam todos bem vindos - uma voz falou. Saindo das sombras, o homem ajeitou os óculos e encarou cada um dos participantes.
- Meu nome é Eric Q'asry e sou o responsável por esse projeto. O motivo pelo qual o meu patrão está interessado no premio não é da conta de vocês, mas quem conseguir o artefato para ele receberá uma recompensa maior do que poderia gastar em três vidas. -
Eric saiu de onde estava e foi até próximo as mesas, onde estavam distribuídos diversos equipamentos tecnológicos dos mais variados tamanhos.
- O jogo é em teoria simples - continuou, sentando-se próximo a um computador que estava com a tela preta enquanto dados passavam de forma aleatória por ela.
- Vocês começam na torre de inicio, cada dupla então é mandado para um reino diferente. O objetivo do jogo é conseguir roubar os quatros cristais e derrotar os reis que controlam as maiores quatro nações do jogo. - Ele olhou para os rostos dos participantes, tomou folego e continuou - Sabemos que cada cristal, se encontra dentro de uma torre que fica próximo ao castelo do reino. Mas não temos informações suficientes para dizer quais são exatamente as provas para chegar na torre e obter o cristal.-
Eric ajeitou novamente os óculos e prosseguiu.
- Não sabemos exatamente como o premio irá se mostrar ao jogador, mas temos certeza que quando derrotado os 4 reis e estiver de posse dos 4 cristais, é necessário voltar para a torre de ínicio.-
Sua face mudou um pouco, o momento estava se aproximando, Eric pegou uma lista com os nomes dos participantes e olhou por um momento. levantando do lugar onde estava sentado, ele se aproximou de uma plataforma por onde uma luz azul reluzia timidamente.
- Vocês irão trabalhar em sistema de duplas caso se encontrem no jogo podem formar uma aliança, isso já é critério de vocês. -
Olhou novamente a lista e falou em alto e bom tom.
- Victor von Doom e Travis Ford - esperou que os dois começassem a andar em sua direção e falou - Subam na plataforma -
Assim o fizeram e em seguida desapareceram. Um bipe alto soou pelo local, e um jovem que estava operando um dos computadores falou - Entrada completa -
- Dupla dois, Oliver Cromwell e Gary O'Donnell  - o mesmo aconteceu e o bipe soou novamente.
- Dupla tres, Johnny Cash e Ashley Holmes - e por fim - Dupla quatro Gustavo Stajnko e Sue Binoche -
O ultimo bipe apitou, e Eric olhou para o jovem que havia confirmado que todas as duplas haviam começado o jogo perfeitamente.




Inicio do Jogo


Victor von Doom e Travis Ford

Os dois homens estavam em um elevador, o local era totalmente branco, o suficiente para poder incomodar. Não havia nada no local a não ser os dois homens e um painel
- Sejam bem vindos a Stranger Island, por favor, digam seus nomes - Uma voz feminina falou através do painel, foi dado um momento para os dois falarem seus nomes e em seguida a voz continuou
- Peço que olhem no painel e escolham a roupa que desejam iniciar o jogo, primeiramente Victor von Doom e em seguida Travis Ford - Várias imagens apareceram, e logo depois de serem escolhidas, as imagens desapareceram
- Todos os itens que estavam com vocês foram confiscados por serem itens especiais, irão aparecer somente em casos extremamente importantes, e só poderão usar este equipamento no máximo 5 vezes. Atrás de vocês há uma mochila, onde todos os itens iniciais se encontram e a roupa escolhida. - O elevador fez um barulho apontando que haviam chegado ao térreo
- Vocês iniciam o jogo no Reino de Gale, Boa sorte - A porta do elevador se abriu e a claridade foi maior ainda.


Oliver Cromwell e Gary O'Donnell

Os dois homens estavam em um elevador, o local era totalmente branco, o suficiente para poder incomodar. Não havia nada no local a não ser os dois homens e um painel
- Sejam bem vindos a Stranger Island, por favor, digam seus nomes - Uma voz feminina falou através do painel, foi dado um momento para os dois falarem seus nomes e em seguida a voz continuou
- Peço que olhem no painel e escolham a roupa que desejam iniciar o jogo, primeiramente Oliver Cromwell e em seguida Gary O'Donnell  - Várias imagens apareceram, e logo depois de serem escolhidas, as imagens desapareceram
- Todos os itens que estavam com vocês foram confiscados por serem itens especiais, irão aparecer somente em casos extremamente importantes, e só poderão usar este equipamento no máximo 5 vezes. Atrás de vocês há uma mochila, onde todos os itens iniciais se encontram e a roupa escolhida. - O elevador fez um barulho apontando que haviam chegado ao térreo
- Vocês iniciam o jogo no Reino de Gaqam, Boa sorte - A porta do elevador se abriu e a claridade foi maior ainda.

Johnny Cash e Ashley Holmes

Os dois participantes estavam em um elevador, o local era totalmente branco, o suficiente para poder incomodar. Não havia nada no local a não ser os dois e um painel.
- Sejam bem vindos a Stranger Island, por favor, digam seus nomes - Uma voz feminina falou através do painel, foi dado um momento para os dois falarem seus nomes e em seguida a voz continuou
- Peço que olhem no painel e escolham a roupa que desejam iniciar o jogo, primeiramente Johnny Cash e em seguida Ashley Holmes  - Várias imagens apareceram, e logo depois de serem escolhidas, as imagens desapareceram
- Todos os itens que estavam com voces foram confiscados por serem itens especiais, irão aparecer somente em casos extremamente importantes, e só poderão usar este equipamento no máximo 5 vezes. Atrás de vocês há uma mochila, onde todos os itens iniciais se encontram e a roupa escolhida. - O elevador fez um barulho apontando que haviam chegado ao térreo
- Vocês iniciam o jogo no Reino de Tellurís, Boa sorte - A porta do elevador se abriu e a claridade foi maior ainda.

Gustavo Stajnko e seguida Sue Binoche

Os dois participantes estavam em um elevador, o local era totalmente branco, o suficiente para poder incomodar. Não havia nada no local a não ser os dois e um painel.
- Sejam bem vindos a Stranger Island, por favor, digam seus nomes - Uma voz feminina falou através do painel, foi dado um momento para os dois falarem seus nomes e em seguida a voz continuou
- Peço que olhem no painel e escolham a roupa que desejam iniciar o jogo, primeiramente Gustavo Stajnko e em seguida Sue Binoche  - Várias imagens apareceram, e logo depois de serem escolhidas, as imagens desapareceram
- Todos os itens que estavam com vocês foram confiscados por serem itens especiais, irão aparecer somente em casos extremamente importantes, e só poderão usar este equipamento no máximo 5 vezes. Atrás de vocês há uma mochila, onde todos os itens iniciais se encontram e a roupa escolhida. - O elevador fez um barulho apontando que haviam chegado ao térreo
- Vocês iniciam o jogo no Reino de Ignís, Boa sorte - A porta do elevador se abriu e a claridade foi maior ainda.


Informações:


- Os participantes devem postar do inicio até o momento em que a porta do elevador se abre neste mesmo tópico
- Todos os equipamentos eletrônicos, armas, espadas, adagas, e coisas na parte de equipamentos na ficha X foram confiscadas, e vocês só poderão usar em momentos extremos. Entendam que vocês ainda não sabem como ativar essas armas, será necessário aprender depois
- Os itens básicos da mochila são (Roupa escolhida, 10M de Corda, cantil médio, bússola, saco de couro com 2000 moedas de prata e duas de ouro, 2 facas, 1 panela, e um vidro com óleo -
- Vestidos femininos acompanham sapatilhas, enquanto outras roupas se usa bota, Todos os participantes tem direito a escolher uma capa junto com a roupa inicial, podem alterar a cor das roupas
- Não esqueçam que dentro do elevador vocês estão somente com roupa de baixo
- Roupas masculinas - Imagem 1 Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4 Imagem 5 Imagem 6
Imagem 7

- Roupas Femininas -   Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4







avatar
Harkness

Mensagens : 711

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Johnny Cash em 30.08.14 15:46


Depois de todos aqueles testes chatos e que pareciam intermináveis, Johnny finalmente estava na sala com o instrutor e algumas outras pessoas. Era uma bela mansão, apesar da rusticidade que não combinava muito com o estilo largado do jovem, e Johnny estava de pé aguardando as instruções. Acendeu um cigarro assim que o homem saiu das sombras pra passar as informações.

"Então eu só preciso descobrir onde está o cristal, roubar ele e matar o rei? Daora, sempre quis ser um regicida!" pensou ironicamente.

Não gostou muito da ideia de ter que trabalhar em dupla, o jovem prefere fazer as coisas individualmente, e gostou menos ainda de não estar com sua arma, mas ele não sabia o que estava por vir, então uma ajudinha não ia fazer mal à ninguém. Ao sinal do instrutor, Johnny foi até a plataforma e sentiu um gelo na barriga, instantaneamente aparecendo num elevador, ao lado de Ashley, sua dupla, e ela estava só de calcinha e sutiã; como Johnny não tem o costume de usar cueca, ele estava nu, porém bastante à vontade. Deu uma boa olhada no corpo da loira e sorriu de canto.

- Agradece seus pais por mim... Fizeram um ótimo trabalho! - disse, sorrindo.

Jhonny disse seu nome à voz no painel e escolheu a roupa de número 4, pegou a mochila, vestiu a roupa escolhida, colocou as duas facas em seu cinturão e o resto deixou na mochila, colocando-a nas costas, em seguida reparando em Ashley vestindo sua roupa e aguardando-a para sairem do elevador.

avatar
Johnny Cash
Irmandade de Mutantes
Irmandade de Mutantes

Mensagens : 53

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Travis Ford em 30.08.14 16:56




Travis Ford


Uma convocação simples acabou por causar interesse no mutante Travis Ford. A possibilidade de riqueza era agradável, mas o desafio era o principal combustível. Uma situação aonde habilidades superiores eram requisitadas e até o momento ninguém havia conseguido tinha a dose de perigo e entretenimento que ele procurava. Após o processo de seleção, ele se encontrou com outros participantes tão capazes quanto ele.

- Hm…

Ouviu sobre o objetivo: conseguir 4 cristais em 4 diferentes torres. Em seguida, explicou que seria formado um sistema de duplas e ele acabou convocado junto à um homem já experiente, provavelmente na casa dos 30 anos, de nome chamativo e boa aparência. Foram os primeiros a desaparecerem e surgirem em um lugar completamente diferente, algo realmente mágico.

- Mas…!?

Estavam agora em um local completamente branco, algo bizarro. Pouco tempo depois, o painel que ali estava li acionado e começou a passar as informações. Travis disse seu nome e foi informado que deveria esperar Victor escolher uma roupa. Ele então esperou o companheiro de missão escolher a roupa que desejava e escolheu a sua em seguida. Ao ser apontado a mochila, foi até ela e a pegou, vestindo a roupa escolhida. Pelo padrão de roupas, pôde perceber que estariam em um ambiente antigo, provavelmente medieval. Enquanto se vestia, decidiu falar com o colega, talvez pudessem trabalhar em equipe.

- Hey… Doom-san… O que acha de trabalhar em parceria? Desta forma, terminaremos a missão mais rápido, eu acho… - Esticou as mãos para que ele a apertasse, num gesto de parceria. - Boa sorte para nós!

A luz branca surgiu e cegou temporariamente o mutante que não sabia o que esperar, mas estava preparado para o que viesse ao seu encontro.
Considerações:
Como Victor escolhe primeiro, eu vou deixar duas opções: Imagem 4 e Imagem 2, nessa ordem!


avatar
Travis Ford

Mensagens : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Gary O'Donnell em 30.08.14 21:14

U jogo inovador que dava como prêmio um artefato raro e poderoso. Isso atrairia qualquer pessoa, até as piores pessoas do mundo, e por isso Gary aceitou o convite, para impedir que o artefato caisse em mãos erradas.Chamar a atenção de um milhonário quando se tem poderes de anulação e conhecimentos médicos avançados para um jovem, não é difícil.

Ouviu atentamente as explicações dadas por funcionários daquele milhonário. O objetivo era conseguir 4 cristais em 4 diferentes torres. Em seguida, explicou que seria formado um sistema de duplas e ele acabou convocado junto à um rapaz aparentemente mais velho, mas claramente mais desleixado. Rapidamente ambos entraram em um elevador, o local era totalmente branco, o suficiente para Gary fechar seus olhos azuis incomodado com a claridade. Não havia nada no local a não ser um painel explicativo ao qual deveria escolher uma roupa, esperou seu parceiro escolher, e logo após decidiu se vestir como na (imagem 2), só que em tom azulado. Parecia ser um traje leve e interessante para possíveis fugas. Quando se deu por si estavam em um local misterioso e desconhecido.

- Me chamo Gary O'Donnell, e você?... boa sorte.

Respondia a voz, de uma possível funcionária do  milhonário e aproveitava para se apresentar para o seu "aliado" ali.

- Acho interessando nos localizarmos para depois irmos atrás das torres... e antes esperar a noite, quando a visibilidade ficará menor e poderemos nos infiltrar com mais facilidade.... o que acha?

Diizia isso já olhando atentamente para os lados procurando pontos de referência, e também atento a qualquer movimento de alguém próximo. A idéia de Gary era montar uma estratégia eficaz antes de se arriscar por aquele lugar desconhecido.


Última edição por Gary O'Donnell em 30.08.14 22:17, editado 1 vez(es)
avatar
Gary O'Donnell

Mensagens : 65

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Victor von Doom em 30.08.14 21:36



?, ? de ? de ?

?, ?


Testes e mais testes, mortal ingenuo, acha que pode testar Doom. Após os testes fui selecionado junto com outros, que na maioria acredito que sejam mutantes ou coisas similares... Nosso anfitrião oferecia riquezas e em troca queria uma especie de artefato. Eu estava lá pelos dois motivos, iria pegar toda fortuna dele para mim e o poder do artefato desconhecido seria meu, mas antes teria que fazer parte do "jogo" dele.

Escutei cada informação dada, aquilo nunca seria esquecido por mim, enquanto escutava fazia uma pré analise da personalidade do contratante.

Iam ser formado duplas, a minha era Travis Ford, homem de olhos azuis e a altura acima do normal. Possuía um rosto fino com traços delicados, embora possua uma maxilar quadrado. Os cabelos estavam arrumados. Idade aproximada de 24 anos.

Seguindo pela plataforma como instruído, surgimos em uma especie de elevador totalmente branco, eu estava usando uma algo parecido com uma cueca box preta, que usava por baixo da armadura. Meus estudos sobre o anfitrião era o suficiente para entender o desaparecimento da armadura, ato que poucos conseguiram fazer, como a entidade Beyonder... Porém sou precavido, usei de todo meu conhecimento e intelecto para garantir que o reator nuclear da minha armadura transforma-se em partículas todo o prédio e proximidades caso ele tanta-se vestir a minha armadura ou tenta-se a controlar.

(ignore as duas pedras azuis nos olhos)


Alonguei um pouco, até uma voz feminina pedia os nossos nomes, eu logo respondi - Victor von Doom. - Depois de me apresentar foi dado opções de roupas, acabei por escolher a sétima roupa disponível, por possuir anéis metálicos. Estava sem a proteção de costume, então o minimo que consegui-se seria valido.

Quando indicado a roupa eu a vesti e peguei a mochila (não entendi se tinham duas mochilas, se só tiver uma vou deixar que ele pegue ela), me vesti sem perder muito tempo.



O jovem se referia a mim, usando um termo san... E fazia a proposta de uma parceria para concluirmos a tarefa, sou Doom não preciso da ajuda de ninguém... Entretanto aquilo era um jogo e por enquanto seguiria algo linear. Apertei a mão dele sem dizer qualquer palavra, mas quando ele falou de sorte acabei fazendo um comentário - O termo sorte é irrelevante tal situação, não há desafio que eu não supere. - Soltei a mão dele.

O elevador parava e a porta se abria, a luz era intensa, coloquei a mão a frente para aliviar um pouco a luz nos olhos e segui para fora do elevador. Reino de Gale, em breve ira conhecer o seu novo soberano.

Ações Executadas:

01:
02:
03:
04:

Só relembrando que tenho direito a uma ação extra caso todos presentes no turno tenham quatro níveis abaixo que o meu, então vou sempre tentar fazer quatro ações, caso tenha algum oponente de nível 5 ou maior desconsidere a minha quarta ação.


Pericias Possuídas e Atributos:

08 Potencia
12 Reflexo
16 Intelecto
14 Raciocino

Pontos de Vida "HP": 124

- Engenharia (Robótica)
- Engenharia (Genética)
- Engenharia (Software)
- Engenharia (Física)
- Engenharia (Química)
- Arte Marcial (Krav Maga*)
- Instrumento Musical (Piano)
- Dissimulação
- Liderança
- Tática
- Lábia

Ativas usadas:

Doombot esta monitorando qualquer utilização incorreta da armadura de Doom.

Nome: [A] Tecnomagico III: Doombot I
Natureza: Intelecto [HP]
Tipo: -
Grupo: -
HP 20
Recarga: Não pode ser convocado em uma batalha que Doom esteja presente, pois sua presença ativa o protocolo de segurança.
Descrição: Doom é capaz de fabricar um Doombot, que trata-se de uma copia fiel a ele. Sua copia pode enganar até mesmo telepatas e outras formas de poderes que o sente como se fosse realmente humano, devido os encantos usados para produzir o robô. Estes sócias de Doom são usados pelo mesmo quando a situação é arriscada de mais para ele estar presente ou até quando quer fazer algo importante enquanto o sócia governa a Latveria. Doom só pode ter um Doombot por vez, tendo que construir outro caso ele seja destruído.
Personalidade: Possui a mesma personalidade de Doom, podendo apenas ter algumas limitações impostas por Doom no momento da sua criação.
Sistema de Segurança: O protocolo de segurança do robô impede que ele haja contra Doom de alguma forma, o destruindo caso esteja ativo na presença de Doom.


Passivas:
♦ Grupo de Poderes: Cannon, Cérebro Superior

Nome: [P] Cérebro Superior I: Memoria e Processamento
Citação: "Lembro de cada momento da minha vida, desde o meu nascimento"
Tipo: Intelecto
Grupo: Cannon, Cérebro Superior
Efeito: Testes de Raciocínio +1
Descrição: Doom armazena infinitamente tudo que aconteceu na sua vida, com cada detalhe minucioso. Além disso é capaz de realizar várias tarefas ao mesmo tempo (como consultar o computador enquanto combate).

Nome: [P] Cérebro Superior II: Um Passo a Frente
Citação: "Nenhum mortal supera o intelecto de Victor von Doom!"
Tipo: Intelecto
Grupo: Cannon, Cérebro Superior
Efeito: Testes de Reflexo +1
Descrição: Doom sempre esta a vários passos a frente dos seus oponentes, sendo capaz de antecipar estrategias e intenções, dentro e fora de combate. Até mesmo antecipar eventos, como fugas de prisioneiro.

Nome: [P] Cérebro Superior III: Verdade Absoluta
Citação: "Posso convencer até mesmo o meu maior inimigo"
Tipo: Intelecto
Grupo: Cannon, Cérebro Superior
Efeito: Funciona com oponentes de raciocínio inferior ao dele.
Descrição: Percebe a mentiras e tentativas de omitir a verdade. Da mesma forma que ele é percebe ele é capaz de falar mentiras e omitir verdades, como se fosse dono da verdade absoluta. O narrador deve jugar historias sem nexo, neste caso a habilidade é desconsiderada.

Nome: [P] Cérebro Superior IV: Talento Tecnológico
Citação: "Você terá todos equipamentos a sua disposição Doom, e os que não existir estou certo que você criará."
Tipo: Intelecto
Grupo: Cannon, Cérebro Superior
Efeito: +2 Em qualquer teste que envolva tecnologia.
Descrição: É capaz de inventar e entender tecnologias que seriam muito acima da compreensão do seu tempo.

Nome: [P] Cérebro Superior V: Talento Mágico
Citação: "Doom é um autodidata nas artes arcanas."
Tipo: Intelecto
Grupo: Cannon, Cérebro Superior
Efeito: +3 Em qualquer teste que envolva magia.
Descrição: Possui o talento para ser o próximo mago supremo, sendo autodidata nas artes arcanas.

♦ Grupo de Poderes: Cannon, Tecnomagia

Nome: [P] Tecnomagico I: Imunidade a Tecnologia
Tipo: Tecnológico, Magico
Limite:  Funciona contra oponentes de Intelecto Igual ou Inferior.
Descrição:A tecnologia de Doom é feita de Tecnomagia, sendo imune a efeitos que funcionariam contra itens tecnologicos. Ele é imune aos ataques que funcionam exclusivamente contra objetos e/ou equipamentos tecnológicos, devido os encantamentos feitos na armadura durante a sua construção. Isso também garante que Doom não será detectado por sensores tecnológicos, o que foi notado pelo homem de ferro ao ser pego de surpresa por Doom, além da sua armadura ser desmagnetizada.

Nome: [P] Tecnomagico II: Voo
Tipo: Tecnológico, Magico
Velocidade: 20km/h x Intelecto, ou o dobro se gastar uma ação.
Descrição: Doom pode voar com a ajuda de jatos em seus pés, podendo voar até mesmo no espaço ou usar de propulsão dentro da água. Entretanto com o passar dos anos, Doom foi dominando a magia, sendo capaz de voar através da mesma, sem ajuda dos seus propulsores.

♦ Grupo de Poderes: Cannon, Vontade Sobre-Humana

Nome: [P] Vontade Sobre Humana I: Imunidade Mental
Grupo: Cannon, Vontade Sobre-Humana.
Limite: A qualquer poder mental vindo de alguém que tenha Intelecto igual ou inferior ao dele.
Descrição: É imune a poderes mentais, devido a sua força de vontade sobre humana, um dos pontos de destaque de Doom, ao qual já enfrentou desafios até mesmo físicos ao qual nenhum outro mortal resistiria.

♦ Grupo de Poderes: Cannon, Físico

Nome: [P] Físico I: Experiencia de Longas Batalhas
Citação: "Ele foi capaz de derrotar um leão com as mãos nuas."
Tipo: Físico
Limite: +1 (Testes de reflexo) ou +3 (Se estiver sem armadura)
Descrição: Os anos de luta de Doom que por muitas vezes era realizado contra múltiplos oponentes habilidosos, deram a ele um preparo físico invejável, sendo um dos poucos a segurar o escudo do Capitão America no ar e até mesmo lutar contra um Leão sem qualquer armadura ou arma e até mesmo se passar pelo Demolidor.


- Victor von Doom
avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Oliver Cromwell em 31.08.14 0:13



?, ? de ? de ?

?, ?


Algumas pessoas falam que dinheiro não é problema, eu até falei isso por um bom tempo... Com o falecimento dos meus pais eu herdei toda a riqueza que eles construíram, porém boa parte da minha vida foi vivida com luxo e boemia, o que fizeram os meus custos ficarem elevados, só agora me dei conta que os meus gastos tem limite, preciso ganhar um bom dinheiro se eu quiser manter essa vida por anos, eis que surge uma oportunidade, um cara com muito dinheiro oferece um premio em dinheiro para quem concluir o jogo dele ou para os membros que concluírem, acho que é isso.

Para ser sincero não estava fazendo isso exatamente para manter esse tipo de vida, posso o usar o dinheiro para financiar a minha busca pela verdade, não que eu vá mudar da água para o vinho... Faço o ritmo que posso.

Voltando ao desafio, o jogo se dava por duplas, cada dupla tinha que acabar com um reinado, reinado? Depois de algumas instruções vi que realmente tinha haver com com algo medieval, até tínhamos que escolher roupas de época.

Na hora que fora questionado o meu nome eu respondi - Meu nome é Oliver Cromwell - Até falaria um avante Vingadores, mas a causa não era tão nobre, pelo menos não diretamente.

No elevador coloquei a mão na cara :naocreio: meu samba-canção branco com corações estava a amostra, olhei para o que tava comigo e falei  noy - Nem pense em comentar isso.

Escolhi a terceira roupa e peguei a mochila, acho que tinha mais a minha cara.



Depois de um clarão o meu parceiro falava sobre estrategia, não sou muito bom nisso, normalmente bato primeiro e depois vejo no que deu, mas não fazia mau em escutar ele - Tudo bem, vamos tentar primeiro enxergar algo - Falei com as mãos cobrindo o meu rosto.

Ações Executadas:

01:

02:

03:


Pericias Possuídas e Atributos:

02 Potencia
04 Reflexo
02 Intelecto
04 Raciocino

Pontos de Vida "HP": 104

PERICIAS
- Rapidez de Recarga (Pistolas)
- Sacar Rápido (Pistolas)
- Armas-de-Fogo (Pistolas)
- Rapidez de Recarga (Escopeta)
- Sacar Rápido (Escopeta)
- Armas-de-Fogo (Escopeta)
- Sex-Appeal
- Línguas (Frances)
- Línguas (Inglês, Nativa Gratuita)
- Dança
- Acrobacia
- Condução (Moto)
- Natação
- Arte Marcial (Kickboxing)
- Primeiros Socorros

Ativas usadas:

Passivas:

Nome: [P] Sortudo I
Natureza: -
Tipo: Bônus
Grupo: Nenhum
Bônus: +1 em um único teste por turno.
Recarga: -
Descrição: Oliver é muito sortudo.

Nome: [P] Tiro de Sorte I
Natureza: -
Tipo: Bônus
Grupo: Sorte
Bônus: +3
Dano/Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Oliver possui muita sorte com armas de fogo, acertando facilmente os seus alvos mesmo sem mirar muito.

Nome: [P] Tiro de Sorte II
Natureza: -
Tipo: Bônus
Grupo: Sorte
Bônus de Acerto: -
Dano: +3
Recarga: -
Descrição: Oliver costuma acertar em pontos críticos dos seus alvos.

Nome: [P] Por um fio
Natureza: -
Tipo: Bônus
Grupo: Sorte
Bônus: +2 de bônus para a jogada de esquiva (lembrando que a manobra esquiva é Reflexo -4)
Descrição: Oliver possui muita sorte, acontecendo sempre algo que o favorece na hora de evitar ataques.

Nome: [P] Sorte Boemia
Natureza: -
Tipo: -
Grupo: Sorte
Descrição: Oliver possui muita sorte ao tentar conquistar mulheres, acontecendo eventos que o ajuda a dar certo. Não interfere em testes de combate. Ex: Pessoas saem da fila por algum motivo, há vagas em restaurantes que costumam ficar lotados, alguém esquece um guarda-chuva quando vai chover... etc.



- Oliver Cromwell
avatar
Oliver Cromwell

Mensagens : 102

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Gustavo Katzmann em 31.08.14 13:33


Gustavo Stajnko
Hora de jogar, mas eu quero ser o player 1


-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------




Pode não parecer, mas sempre que possível, separo um tempo para jogar. É um de meus passatempos favoritos, sempre que dá tento zerar algum jogo, ou conseguir a maior pontuação. E quando vi o anúncio sobre esse tal jogo, não resisti: Tive que testá-lo.

Os testes foram relativamente fáceis, minhas habilidades felinas me ajudaram bastante, os poderes também. Fui um dos selecionados para jogar, ótimo. Representaria o Brasil ali. Viva o Brasil!

No dia seguinte, todos foram chamados para uma sala. Fui para lá enrolado em minha bandeira do Brasil. A sala era escura, mas logo se clareou, com a chegada de um senhor, aparentemente o que estava organizando tudo isso. Quando ele iniciou a conversa conosco, logo contou que quem liderava aquilo tudo era seu patrão. Nos deu uma breve introdução ao tal jogo, falou sobre o objetivo, e tudo mais... Enquanto ele falava, eu lançava coisas estranhas que saíam de meu nariz para todos os lados.

Aos poucos, as duplas foram convocadas, e entrando numa plataforma que parecia colocar todos dentro do jogo. Minha dupla seria Sue, uma bela garota, relativamente alta, magra, com belos cabelos castanhos e olhos azuis. Era a nora que minha mãe queria ter. Mas agora não era hora de namoricos, era hora de ação. Subimos à plataforma, fechei os olhos. Rapidamente, senti um frio na barriga.

Quando reabri meus olhos, a claridade do local que estávamos me incomodou bastante, me fazendo piscar várias vezes, até minha visão se adaptar. Com a visão adaptada, deu para perceber que estávamos num elevador totalmente branco, que apenas tinha um painel à nossa frente, e que estávamos apenas com as roupas de baixo. Não gosto muito de ficar semi-nu, embora já esteja acostumado por causa dos poderes. Resolvi então ativar uma meia-transformação, virando um ser híbrido entre humano e gato.

- Espero que não se incomode, fico mais a vontade assim. - disse para Sue.

Logo, o painel se acendeu, e uma voz feminina começou a falar conosco. Perguntou nossos nomes, prontamente respondi.

- Gustavo Stajnko.

Em sequência, a mesma voz pediu para que nós escolhêssemos vestimentas. Fui o primeiro a escolher, e escolhi a segunda opção, a que mais havia me agradado. Apertei na segunda opção, cheguei a pensar que a garra do meu dedo tivesse arranhado a tela, mas nada havia acontecido, felizmente. Só faltou eu ter que ressarcir seja lá quem for o dono disso aqui.


As imagens sumiram, e a voz retornou. Nos disse sobre as mochilas atrás de nós, me virei na hora. Peguei a mochila, o elevador fazia o barulho indicando que havíamos chegado ao térreo. Vesti rapidamente a roupa, à exceção das botas, afinal, enquanto estivesse na forma híbrida, elas não serviriam em mim. Guardei novamente o calçado na mochila, e a coloquei em minhas costas. A voz falou sobre o reino que iniciaríamos... Reino de Ignís, nome estranho para um reinado, mas quem sou eu para julgar isso?

As portas do elevador se abriram, a claridade era muito maior. Levei o braço à frente dos olhos, e olhei para Sue.

- Vamos vencer essa parada, se encontrarmos alguém no caminho, vamos tentar fazer aliança. Tudo bem?

Ações:
Nenhuma até agora, só coloquei agora pra ficar mais fácil depois.

Atributos e Perícias:
ATRIBUTOS

02 Potencia
02 Reflexo
02 Intelecto
02 Raciocino

Pontos de Vida "HP": 104

PERICIAS

Línguas (Português - língua nativa)
História
Línguas (Inglês)
Furtividade
Acrobacia

Poderes utilizados:
Nome: [A] Metamorfismo felídeo - Gato
Natureza: Potencia [D] / Reflexo [T]
Grupo: Metamorfismo animal
Teste: -1
Bônus: +1 nos testes de Reflexo.
Dano: 1d10-5 de Garras ou Mordidas.
Queda: Reduz queda em 2.5m x Potencia ou o dobro se gastar uma ação.
Ação: 1 para transformar e outra para sair da forma.
Recarga: Pode ser usado 1 vez por ação
Descrição: Gustavo pode se transformar em um gato.

Nome: [P] Meia-transformação
Grupo: Metamorfismo animal
Efeito: Usando as transformações em animais, ele pode fazer uma meia transformação.
Descrição: Gustavo consegue parar sua transformação na metade, se tornando uma espécie de mistura entre a forma humana e a forma animal (podendo falar, mas tendo os mesmos poderes da forma animal. Exemplo de aparência: Aqui!)



Template improvisado por mim.
avatar
Gustavo Katzmann
X-Men
X-Men

Mensagens : 874

Ficha X
Level : 2
Grupos de Poder: Fisiologia Felina
Dinheiro: $249

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Sue Binoche em 31.08.14 20:37


  • tag: jogo, reino, dupla
  • where: Reino de Ignís
  • pagina: 01
Not everything is what you see
All die one day, I just help nature...


- Missão 14Y6A

- Objetivos principal

- Encontrar a Stranger Island e capturar informações.

- Localização provável?

- Desconhecida.

- Acesso g68g8ak7d.

- Autorização concedida.

- Relatório completo da missão.

- Cristian Mordre um Magnata de New York, esta com a localização Stranger Island. Cristian esta selecionando pessoas excepcionais para invadir a Stranger Island, lá há algo de interesse de Mordre, o objeto em si é desconhecido, investigações apontam como uma forma de poder.

- Encerrar transmissão.

- Transmissão encerrada.


Olhei pela janela de vidro da varanda, estava tudo tão claro lá fora, mesmo pela noite... A luz da lua arrevessava o céu sem nuvens, e as luzes dos prédios faziam o restante do trabalho. Relembrando, Thamira Levins... Faixa preta em taekwondo, instrutora de tiros, ex-líder de uma das equipes da S.W.A.T., tem uma parte da ficha dela que esta em branco, pela faixa de idade da época devia ter servido no exercito, mas porque apagarem os seus dados? Menina má, deve ter feito algo de errado ou secreto.

Sai de perto da janela e sentei encima de uma mesinha que ficava próxima ao sofá. O exercito explicaria as armadilhas que encontrei no apartamento. Olhei para o relógio - Esta na hora.

Levantei da mesinha, fui até o quarto, lá existia um guarda-roupas grande o suficiente para mim, entrei nele e fechei com cuidado a porta. Agora era só esperar Thamira, uma das poucas pessoas que tinha o convite para ir a Stranger Island... Olhando pelas brechas da porta vi a minha presa, mas não era um cordeiro e sim uma outra predadora.



Falta descobrir quem é a melhor. Saí do armário saltando, acertando uma joelhada nos peitos dela, fazendo ela voar sobre a cama e bater na parede. Subi pela cama rápido para já cair nela com os dois joelhos, mas ela era rápida, levantou dando um chute que aparei com a canela, segui para uma joelhada na perna dela, mas ela girou dando outro chute que parei com o antebraço deixando o braço colado dobrado e colado a mim.

Ela saltou sobre a cama dando uma sequencia de chutes precisos e rápidos, bloqueei com as canelas e ante braço, entretanto o ultimo que ela dava na altura da minha cabeça eu usei meu conhecimento de Judo, para amortecer o chute a projetando para trás, contra o armário. Ela batia forte no armário e eu aproveitava a situação sem dar tempo dela respirar, saltei com os dois joelhos nas costas dela, pude escutar um estralo naquele momento, aproveitando a dor que ela sentia nas costas apliquei nela um mata leão, ela se contorcia tentando sair do golpe, mas eu me movia contrario do que ela queria, usando as pernas para ficar mudando de posição rápido, até ela parar de se mexer, continuei até escutar o pescoço dela quebrando.

Vasculhei o corpo dela até achar o cartão prata sem nome, guardei ele comigo, tirei uma seringa e apliquei no braço dela uma substancia, depois fiz outros furos no braço dela, arrastei ela até a varanda de vidro e empurrei ela fazendo ela quebrar a vidraça e cair lá embaixo, eram 20 andares de queda livre...

Já embaixo do prédio estava sem a mascara, e as luvas, tudo em uma sacola. Segui com a moto até um ponto cego das câmeras de uma ponte de New York, parei a moto, fui com a sacola até a beira da ponte e acendi um isqueiro na sacola inflamável, jogando ela logo em seguida. Peguei a moto mais uma vez e segui para "casa".

... STRANGER ISLAND

- Sue Binoche

Lá estava eu, junto com outros participantes do que parecia ser um jogo, deveríamos agir em dupla, o que era bom, afinal um escudo humano sempre é útil. O meu escudo no caso era Gustavo. A minha roupa escolhida era a de número 2.



Era uma roupa discreta, aparentemente iriamos para algo medieval, então se parecer com uma aldeã podia ser uma boa coisa, guerreira nem pensar... Não que eu fosse bancar a inocente para Gustavo, afinal todos que estavam ali tinham passado por testes rigorosos, seria meio que inútil perder tempo fingindo algo para ele, mas não me impedia de fingir para os outros.

Ah sim, roupa de baixo no elevador, a minha era bem de menininha, era branca e composta, com bolinhas vermelhas, nada de transparência.

Após se vestir e pegar uma bolsa caso tivesse duas, saímos do elevador meio a uma luz forte, cobri os meus olhos com as mãos enquanto escutava a proposta dele, bom... Sem problemas, falar nisso o poder dele parece que vai ser útil, parece que vira animais, ou pelo menos espero que ele vire completamente algum. Respondi a ele - Tudo bem. - Não usei de muitas palavras nesse inicio.

Ações Executadas:

01:

02:

03:


Pericias Possuídas e Atributos:

ATRIBUTOS

03 Potencia
03 Reflexo
06 Intelecto
03 Raciocino

Pontos de Vida "HP": 109

PERICIAS
-Acrobacia
-Armas-de-Fogo (Pistola)
-Sacar Rápido (Pistola)
-Arte Marcial (Muay Thai)
-Arte Marcial (Judo)
-Medicina
-Condução (Moto)
-Línguas (Frances; A língua nativa é gratuita)
-Línguas (Inglês)
-Culinária
-Detecção de Mentiras
-Lábia

Ativas usadas:

Nome: [A] Manobra Evasiva
Natureza: Reflexo [T]
Grupo: Nenhum
Teste: -3, Evasão.
Recarga: Uma vez a cada ação.
Descrição: Sue é uma sobrevivente, ela vive se salvando de situações que lhe matariam na certa. Ela é capaz de traçar estrategias rápidas para evitar os ataques dos inimigos.

Nome: [A] Eliminar
Natureza: Reflexo [T]
Grupo: Nenhum
Teste: -2, se alcançar a potencia da vitima, ela é desmaiada.
Ações: 3
Recarga: Uma vez a cada 3 turnos.
Descrição: Sue é capaz de desmaiar uma vitima, podendo usar uma variedade de métodos para isso.


Passivas:

Nome: [P] Inocência.
Natureza: -
Tipo: -
Grupo: Nenhum
Bônus de Acerto: -
Imune: Sue é "imune" a acusações. Desde que o "investigador" possua intelecto inferior a ela ou exceto se existir provas incontestáveis sobre o que ela fez, neste caso o poder fica inutilizado até o próximo "encontro".
Descrição: Sue possui a feição de alguém que nunca faria algo de errado. Ela dificilmente é acusada de algo, muitas vezes sendo a ultima opção e muitas vezes sendo descartada de qualquer acusação. Isso é inútil depois que a pessoa vê do que ela é capaz. Mesmo estando na cena do crime pode ser vista como uma vitima que teve sorte de sair viva ou quando é acusada sem provas acredita-se que o acusador a confundiu com outra pessoa.

Nome: [P] Escorregadia.
Grupo: Nenhum
Bônus: +2 p/Esquivas.
Descrição: Sue possui ótimos reflexos, se livrando facilmente de ataques devido o seu trenamento ao longo de sua vida.

Nome: [P] Mente protegida SHIELD
Grupo: Nenhum
Efeito: Imune a poderes mentais de intelecto igual ou inferior ao dela.
Descrição: Assim como alguns da SHIELD, como o homem de ferro por exemplo, Sue recebeu o treinamento para a sua mente ser fortemente protegida contra poderes mentais que tentam desvendar o que há em sua mente e quem ela é.

Nome: [P] Indomável
Grupo: Nenhum
Efeito: Imune a pericias mentais de Raciocínio igual ou inferior ao dela.
Descrição: Sue teve um treinamento árduo quando era uma assassina e este foi ainda mais reforçado nos seus primeiros meses na SHIELD, a tornando altamente resistente a torturas, intimidações, diplomacias, seduções e outras formas de convencimento que não são poderes mentais. Sue é o tipo de pessoa que morreria sem dar qualquer informação para o inimigo, a não ser que fosse do seu interesse repassar tal segredo.


avatar
Sue Binoche
Agents of S.H.I.E.L.D
Agents of S.H.I.E.L.D

Mensagens : 127

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Ashley Holmes em 31.08.14 21:56


Ashley Holmes
As inimigas me odeiam mais eu sou só amor , amor & amor ! ♡♡♡


Ashley passeava pelas ruas em direção a mansão dentro de seu camaro rosa … Ela pensava consigo mesma "É senhorita Holmes , agora é a hora do tudo ou nada , você escolheu fazer esses testes para esse tal game com a cabeça quente , então agora dar para trás não dá , entra com tudo nessa merd*a e mostre quem é a diva do pedaço!". Após alguns minutos logo Ashley chegou na mansão (para variar atrasada) , ela saía do carro correndo em passos não muito longos pois estava de salto e adentrou a mansão chegando numa sala escura onde viu um homem de óculos dando um discurso e mais alguns jovens que prestavam atenção em cada palavra que aquele homem dizia. O homem se chamava Eric e era o responsável pelo tal projeto que todos os presentes estavam envolvidos , depois de todo o blá blá blá do discurso e esclarecimentos sobre o game os jovens foram divididos em duplas , Ashley e seu parceiro foram a penúltima dupla a ser chamada , o nome de seu parceiro era Johnny , a loira sorria para ele de uma forma meiga e sedutora e então se apresentava ao garoto:
- Prazer , Ashley Holmes!
Em segundos os dois subiram na tal “plataforma” e logo foram deslocados até um elevador. O elevador era todo branco e tinha apenas um painel (O que deixava a patricinha meio agoniada). A única coisa que conseguiu fazer ela se distrair um pouco foi seu parceiro que era um tanto que atraente , o cheiro dele era agradável e lembrava as melhores bebidas importadas , seu parceiro estava nu ao lado de loira que acabou não conseguindo se controlar e deu algumas espiadinhas no garoto. Johnny sorria para Ashley falando para ela agradecer a seus pais por ele , pois eles tinham feito um ótimo trabalho , ela ria e encarava ele de uma forma decidida , seus olhos claros fuzilavam os olhos dele de uma forma tentadora , ela agradecia aos elogios e então encarava o painel. Ashley falava seu nome no painel e em seguida recebia algumas informações sobre o game , não demorou muito para as roupas a serem escolhidas aparecerem no centro do painel
- OMG , Isso não pode estar acontecendo … Onde está o consultor de moda desse game? É um absurdo colocarem esse show de cafonices para mim escolher , estou literalmente inconformada com uma coisa dessas , deletem isso produção!
A garota estava realmente muito indignada com as roupas e então bufando acabou escolhendo a Opção 4 em tons de rosa e branco. Ela pegava as roupas em um mochila que estava atrás dela e então observava mais alguns objetos que se encontravam na mochila , após vestir sua roupa e se produzir, sentiu a porta do elevador abrir e uma quantia boa de claridade invadiu o elevador fazendo um certo incomodo ser causados nos olhos dos dois jovens , ele fechava um pouco os olhos devido a claridade e então saia com Johnny do elevador suspirando fundo.



avatar
Ashley Holmes
Mutante
Mutante

Mensagens : 252

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Derek Hale em 05.09.14 23:25

Darek Hale
Place | Clothes | With...

Uma certa convocação acabou causando um certo interesse pelo lobo Derek Hale, gostando de ser desafiado ele acabou encontrando outros com o mesmo objetivo, o introspectivo Derek Hale ficou sabendo do objetivo e que tinha que encontrar 4 cristais em 4 diferentes torres, mas ele foi informado que seu parceiro do jogo seria Fenton, rosnando de curiosidade ele ficou.
Os dois estavam em um local iluminado onde Derek Hale se sentia incomodado com muita luz ao seu redor, logo depois uma voz feminina disse que deveria escolher uma roupa logo depois o seu parceiro de jogo Fenton também deveria escolher, logo vendo as roupas se sentiu em um ambiente antigo com o ar medieval.
Sentindo meus sentidos aguçados fiquei assustado e olhei para meu parceiro e perguntei!
Vamos ao jogo, topa vencer comigo?



Thanks Tiago © 2013

avatar
Derek Hale

Mensagens : 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Ikimaru em 08.09.14 20:28


Ikimaru McCauley

Doesn't matter if we've gone too far

Longos testes, praticamente impossíveis para humanos comuns, Ikimaru conseguiu habilmente passar por eles, mas o jogo ainda não tinha começado de verdade.
Numa sala todos os selecionados estavam reunidos. Um grupo muito pequeno comparado ao total que tinha se inscrito. Um homem de óculos deu as boas vindas á eles e explicou como jogo funcionava. Todos foram divididos em duplas, a dupla de Ikimaru foi um homem aparentando ter um pouco mais de vinte anos. Tyler Southland parecia uma pessoa problemática, em outras circunstâncias Ikimaru teria evitado qualquer tipo de contato, mas para completar o jogo Ikimaru julgava que uma aliança poderia ser importante, no entanto ele relutava em estabelecer qualquer aliança no momento.
As duplas são chamadas e uma a uma para entrar nos elevadores. Ikimaru ignora por completo sua dupla no elevador, apesar de ele estar constrangido por estar só de cueca ele evita qualquer contato visual com a sua dupla. Ele pega uma das mochilas, se veste com a roupa de número 4, da uma olhada no que tem disponível dentro da mochila, pega uma das facas e a prende na cintura guardando a outra no interior da mochila. A porta do elevador se abre e uma luz clara e intensa passa por ela. Ele estava prestes á entrar no jogo.


♦ Thanks, Andy 'O' ♦ @ CG
avatar
Ikimaru
Mutante
Mutante

Mensagens : 32

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Fenton em 09.09.14 3:25


RPG is LIFE


Teste Físicos? Uma tragédia, essa a verdade que ronda sobre a minha existência, apenas com um machado na mão posso fazer algum estrago. Testes Mentais? Bons, aparentemente bons o suficientes para compensaram meu desastre físico.

---

Uma mansão de arquitetura Vitoriana? O que isso dizia? Porcaria nenhuma, sabe por que? Porque não importa, o que pode ser mais irritante do que ficar avaliando cada milimetro de alguma coisa procurando ou inventando resultados imprecisos apenas para falar "Olha como eu sou inteligente", em todo caso isso não importa, ficamos ali esperando a apresentação inicial Eric Q'Asry e também as Instruções do jogo.

Sinceramente se tinha uma verdade sobre mim era que eu não almejava dinheiro algum, prêmio algum, fama alguma meu objetivo naquele lugar era uma coisa um pouco mais simples, porém extremamente bem pessoal, de toda forma o meu motivo de estar ali não importava a ninguém por enquanto e sim a Missão apresentada, roubar 4 Cristais de 4 Reinos, pouco complexo no ponto de vista externo, porém não deveria ser tão fácil quanto parecia principalmente depois das informações imprecisas porém uteis do nosso Mestre Tuturial, depois das informações entregues fui colocado num quarteto com Ikimaru, Derek e Tyler, uma Boy Band completa, encarei cada um deles e percebi que todos eram fisicamente mais destacáveis do que eu.

"Certo, três truculentos e eu apenas tenho o meu cérebro e minha agilidade improvisada para ficar páreo a páreo com eles, acho que vou ter que começar a fazer jogos sociais e mentais para me manter vivo, isso é frustrante."

Pensei comigo mesmo um pouco frustrado com a situação, isso é complicado, mas talvez funcione, dei um passo para trás tentando me manter sempre mais para o canto e parecendo cada vez mais "inofensivo", não que não fosse verdade, já que avaliando bem eu era sim bem mais inofensivo aparentemente do que eles.

---

Enfim entramos num elevador, e ficamos todos seminus, surpresa total, eu estava usando uma sunga consideravelmente extensa que lembrava um tipo de bermuda, não que eu tivesse algum plano para isso, mas era uma mania minha de usar esse tipo de roupa para lugares que eu não sei bem o que vai acontecer, assim que percebi a situação coloquei o meu braço na frente das minhas "partes" como um reflexo de vergonha, meu corpo de 14 Anos perante aqueles CORPOS de 20 e 30 e poucos era um pouco opressor, imediatamente falei meu nome "Fenton" e sem demora escolhi a Veste Nº 6, porém numa variante de verde escuro e verde musgo e esperei um pouco cauteloso sobre o que aconteceria depois.




Spoiler:






Ações
Ato1:
Ato2:
Ato3:


Poderes

Nome: [P] Medo do Inferno
Grupo: Demônio, O Aproveitador de Pecados
Efeito: -1 nos testes de quem atacar ele corpo a corpo, desde que possuam intelecto inferior ao de Fenton.
Duração: 1 turno.
Descrição: Criaturas racionais e irracionais sentirão a natureza Demôniaca do rapaz, mesmo que de forma fraca, extintivamente quem tentar atacar o rapaz ira sentir o impulso de escapar dele e não de avançar contra ele e pessoas que forem atacadas por ele sentirão um leve temor fruto do típico medo que se tem de criaturas Infernais, pessoas que atacarem ou forem atacadas por Fenton em combate corpo-a-corpo sofrerão uma redução em qualquer teste.


Observações



Equipamentos


Pericias

Machado/Maça




Day: ? Place: In Game Com: Boy Band Humor: /?/ ConfusoUsando:

credits @
avatar
Fenton
Irmandade de Mutantes
Irmandade de Mutantes

Mensagens : 216

Ficha X
Level : 1
Grupos de Poder: Sem ficha
Dinheiro: $500

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Tyler J. Southland em 13.09.14 0:21


Principe dos exilados

Como quebrar algo que não existe?






Depois de um teste físico mais ou menos e teste mentais mal trapinhos, de onde eu venho isso se chama ensino médio, não um tipo de teste para participar de uma missão, mas missão é missão, no fim eu matando alguém eu já acho que é uma boa, mas uma coisa me incomodava, algo não identificado, talvez a criança escrota que também está lá, o Nerd, ou o bombado estranho que não é eu, não sei o que é, mas vou descobrir...

Depois de todos os testes eu me encontrava em uma grande mansão, uma coisa bem clássica, bem do estilo frufruzisses, ao adentrar eu sou recebido por um tal de Eric Quaasyr, Kasir, alguma coisa assim, não sou bom com nomes, mas ele me intrigou, se ele tem muita grana porque não encomenda um exercito, por que pegar mercenários?

A explicação foi-se passando e logo chegaria a hora de iniciar o jogo, mas como todo o jogo esse há regras, regras chatas, sem armas, tecnologia e outras coisas do tipo, depois das regras as missões são objetivas, ao ouvir meu lindo nome com o de mais três caras pensei, onde eu to me metendo, o velho disse que seriam duplas, mas não vou reclamar.

Só de cueca na plataforma, olho em volta para os outros,  tirando a conclusão, eu sou o maior, mais inteligente, e provavelmente o mais maduro daqui, mas a pergunta é, porque quatro pessoas numa equipe e quais deles vou matar primeiro ou quem vai tentar me matar...

No local de destino, é nos dado alguns equipamentos, eu fico com a roupa 4, quando a voz que vem do além termina de falar uma porta brilhante se abre e lá vamos nós atrás de 4 cristais militicos





Post: 001 ~ Clothes: url here ~ Lyrics: Name here ~ Notes: here baby, here~
Thanks, Lollipop @ Sugaravatars

avatar
Tyler J. Southland

Mensagens : 14

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por James Taylor Evans em 14.09.14 18:46

Uma semana. Uma semana fazendo testes dos mais variados tipos para um magnata qualquer coloca-lo dentro de um jogo. Esta foi a rotina de Louis nos últimos 7 dias. Durante todos os testes este se manteve tranquilo, contudo no teste mental, teve que admitir para si mesmo mais tarde que pegou pesado com os homens que estavam aplicando-o. Mas afinal, o que poderia fazer? Odiava qualquer um que tentasse entrar na sua mente.

O tal magnata que havia convocados todos ali prometia fortuna para quem conseguisse um misterioso artefato dentro do jogo que seria enviado. Mas dinheiro nunca fora problema para o russo. O real motivo de estar ali era a o desafio, o desejo de conseguir vence-lo movia o garoto, porém o desejo de possuir o tal artefato também lhe dava gás para prosseguir.

Agora, ele se encontrava em uma antiga mansão nos arredores de Nova York em um estilo... Vitoriano? Era o que Louis achava ser ao reconhecer alguns detalhes que havia estudado em um livro qualquer de história natural. Depois de alguns minutos esperando com outras pessoas em uma espécie de salão, com uma certa cadência de luz, muitas delas conhecidas de longe como mutantes e agentes do governo, um homem que se intitulava Erik Q'asry se apresenta e lhes dá as instruções.

"Certo, invadir quatro torres de quatro reinos, roubar quatro cristais e matar quatro reis... isso não vai ser algo tão fácil quanto parece a princípio... mesmo não gostando de trabalhar com outra pessoa, é a melhor coisa a se fazer até eu conseguir formar um plano" pensa Louis observando todos a sua volta atentamente enquanto o homem fazia as duplas que havia dito. Quando chegou sua vez ficou levemente surpreso, sem demonstrar isso, com sua parceira: uma mulher relativamente baixa comparada a si, linda, olhos verdes, loira, com uma expressão fechada e gênio forte, seu nome: Heidi Dabstuber.

Ao subir na plataforma, um flash de luz engloba ele e a garota, e quando Louis consegue voltar a enxergar, estão em o que aparece um elevador, todo branco e com um único painel na frente.

"Não estou gostando disso" pensa o russo ao tentar vibrar o elevador e notar que ele não era feito de metal.

Ao olhar para a Heidi nota que as roupas delas haviam sumido, deixando-a somente em seus trajes íntimos, assim como notou que ele também estava vestindo somente sua Boxer - um pouco mais longa do que o normal e preta com detalhes em prata - ao olhar para si, com uma expressão entre o surpreso e serio. O russo observa o corpo inteiriço da garota, desde os seios e cintura ao quadril e coxas, falando à corada loira no final do ato - Belas curvas, fazem jus a você - enquanto se virava para o painel ouvindo o ele perguntar seu nome e respondendo:

- Louis Romanov.

Depois de informa-lo e esperar Heidi fazer o mesmo, o jovem escolhe uma das muitas vestimentas que lhe foi apresentada (imagem 4) no painel. Não precisaria de algo que lhe desse muita proteção por enquanto, "um corselete de couro pode aguentar, pelo menos no começo", pois pelo padrão das roupas, percebeu que iriam para um ambiente medieval, sendo que naquele tempo, as principais armas eram de metal, material que ele conseguiria sairia muito bem em uma luta. Quando acabam de escolher as roupas, o garoto se vira para onde a máquina falou e vê uma mochila que parecia ter tudo o que eles teriam por enquanto. Após acabar de calçar as botas de couro, completando sua vestimenta, confere o que mais possuía na mochila, pegando as facas e as guardando: uma em sua cintura – na parte de trás - e uma dentro de sua bota direita. A capa preta com capuz que havia escolhido junto com as roupas deixaria na mochila, que carregaria, por enquanto. Quando a porta apita e se prepara para abrir, Louis olha para Heidi, já vestida ao seu lado, e diz com uma expressão maliciosa no rosto:

- Podemos fazer isso juntos? Sei dos seus objetivos e caso consigamos vencer, o que não duvido – acrescenta - a fortuna será toda sua, somente sua - repete - Quero unicamente o artefato. Então – faz uma pausa estratégica e estreita os olhos – o que me diz? Fala o russo arqueando uma das sobrancelhas.

A porta se abre. Louis ouve a resposta da garota, seja lá qual for, e parte para fora do elevador com ela, cobrindo os olhos de um azul-elétrico da luz que os atingia.
avatar
James Taylor Evans

Mensagens : 432

Ficha X
Level : 2
Grupos de Poder: Criocinese
Dinheiro: $40

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Heidi Badstuber em 20.09.14 14:02


Lots of people talk
and few of them know



Outro magnata brincando com as pessoas em seu próprio reality show, ou quase isso. Era um homem bilionário usando pessoas para alcançar seu objetivo pessoal. Não era preciso ser um gênio para perceber, mas Heidi pouco parecia se importar com as finalidades daquele homem, tampouco com seu dinheiro ou prêmio que ele poderia lhe dar. Era o desafio que a atraia. Desde pequena, a garota foi estimulada pelo seu pai a buscar pelo melhor desempenho, e a cada dia que Heidi permanecia atrás dos computadores da SHIELD com missões simples, ela sentia que estava cada vez mais distante da perfeição e do pleno domínio de seus poderes. Portanto, quando ficou sabendo o que o sujeito pretendia, tratou de inscrever-se logo.

Tá, ok, também era pelo dinheiro. Precisava disto para conseguir bons equipamentos, a quem poderia enganar?

O teste era um tanto complicado, Cristian não queria avaliar apenas a disposição física de suas cobaias, mas as reações, resistências e capacidades mentais. Poucos passaram nos testes, e infelizmente Heidi não pode acompanhar os outros participantes, o que era uma pena, já que ela poderia coletar muitos dados e informações sobre seus possíveis rivais. Era claro que ela não esperava que todos fossem amistosos, muito pelo contrário.

Heidi não se esforçou muito para passar no teste, que durou mais do que seria do seu gosto. A vida toda ela havia passado por coisas semelhantes, principalmente em seus treinos na SHIELD. Alguns tiros para lá e para cá, e uma pequena demonstração com os equipamentos de segurança do local e, “voalá”, estava dentro do joguinho do magnata. Com os testes mentais, era de se admirar a maneira com que ela havia ficado impassível mesmo com todas as provações. No final das contas, havia acabado com as tarefas com maestria.

Por fim, um dia após sua aprovação e das palavras iniciais de Erik, soube quem seria a sua dupla: Louis Romanov, um rapaz loiro e parecendo bem apessoado, mas que não constava nos registros de seu cérebro. Era possível que tivessem sido apagados, já que Heidi fizera uma limpeza nos dados registrados há algum tempo. Não devia ser um sujeito perigoso, ao menos não ao ver da SHIELD, ou certamente ela não teria deletado seus arquivos. De qualquer maneira, seu rosto lhe era familiar, dos tempos em que vivera na Mansão X.

Heidi estava tão preparada quanto poderia: com suas duas pistolas devidamente presas no cinto. Não precisava muito além disso. Como não usava seu uniforme, vestia um jeans justo e surrado, acompanhado de tênis all-star e uma camiseta de uma banda antiga, chamada Led Zeppelin. Seus cabelos estavam presos em um rabo alto e um tanto bagunçado, e seus olhos carregavam a maquiagem preta costumeira.

Por mais estilo que tivesse, não pode se gabar dele por muito tempo: assim como as roupas de Louis, as suas também desapareceram pouco antes de entrarem no primeiro campo. Entretanto, Heidi continuou com as mãos para trás, parecendo uma jovem tenente de exército em posição de descanso. Do modo como agia, era como se ainda estivesse de roupas e nada tivesse acontecido ali, embora suas bochechas levemente coradas dissessem o contrário. Seu parceiro pareceu ficar ao mesmo tempo constrangido e deslumbrado, não só por ter ficado seminu, mas pelo corpo bem formado da loira, resultado de todos os anos de treinamento. Ele podia tentar disfarçar, mas qualquer mulher notaria aquele olhar disfarçado.

Heidi nada falou acerca do comentário de Louis. Com roupas ou sem roupas, ela não ligava para essas coisas humanas de desejos corporais e pudores. Seu corpo era como uma máquina, com ou sem roupa. Mesmo parecendo um tanto rude, ela agiu como se ele nada tivesse falado, pois ela nada tinha a responder. Apenas continuou para frente, na mesma posição. Em seguida, o rapaz disse seu nome ao painel, e a loira fez o mesmo em seguida.

- Heidi Badstuber. – Disse, em uma voz rouca. E, no instante seguinte, selecionou sua roupa. Algo mais justo e feito de couro, o que ajudava em sua agilidade. Visivelmente podia-se perceber que não havia ficado muito contente em ter suas armas confiscadas, assim se sentia nua de verdade. Mas fazia parte do jogo, e não era de seu perfil ficar reclamando. Teria de vencer os obstáculos com o que tivesse em mãos.

Enquanto pegava seus pertences, ficou pensando que aquilo realmente seria um desafio. Não haveriam máquinas para ela manipular, e ela não era muito boa no manejo de armas brancas. E, por mais que não gostasse muito da ideia, teria de confiar no parceiro. A porta apitou para abrir, mas antes que ela entrasse no primeiro reino, Louis interrompeu o silêncio, falando com ela. Pelo sotaque, não era só o sobrenome que ele havia herdado da Rússia.

-Como queira. – disse, um tanto seca, o que era normal, era bom que Louis se acostumasse – Embora eu acredite que não seja tão simples ficar com o artefato que esse magnata quer. – Seus olhos não mexeram-se, mas ela já havia percebido que estavam sendo vigiados. Nada mais comum do que ter os olhos nos participantes do “jogo”. De certa forma, até gostava disso. Se era um sistema digital, ela poderia usá-lo a seu favor e achar possíveis bugs na rede. E certamente faria isto. Por fim, atravessaram juntos a porta.

Tag: Louis Romanov. Post #01 . Template by clumsy do SA

avatar
Heidi Badstuber
Agents of S.H.I.E.L.D
Agents of S.H.I.E.L.D

Mensagens : 179

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Dean Jhonson em 26.09.14 17:37


Welcome to Stranger Island!




    Enfim eu estava na sala junto com os demais que haviam conseguido passar nos testes eliminatórios. Tinha sido um tanto complicado lidar com alguns deles, no entanto, nada que me tirasse do jogo. Minha motivação em participar era mais saber do que eu era realmente capaz de fazer, mas obviamente o prêmio não era algo a ser esnobado. Seria divertido conhecer humanos e mutantes de várias partes do mundo, se isso de fato acontecesse.

    Aguardava já a algum tempo em uma das salas da mansão. Meus olhos corriam pelo local, observando a mobília e a decoração da escura peça. De repente, alguém se pronunciou em alto tom. Olhei imediatamente para o vulto que saía das sombras e ajeitava seus óculos. Era o homem que daria início ao jogo, de fato. Se apresentou como sendo Eric Q'asry, o responsável pelo projeto e funcionário de Cristian Mordre, o magnata que havia contatado o mundo todo. Eric explicou sobre o jogo, incluindo seu funcionamento e suas regras. Após o discurso, tudo que absorvi foi "roubar os quatros cristais e derrotar os reis". Qual seria o poder destes tais reis? Aparentemente, eram poderosos, ou já teriam conseguido tal feito.

    O responsável vociferou mais algumas palavras e, após finalizar as instruções, indicou-nos de que trabalharíamos em duplas, o que significava que eu teria de conviver com alguém desconhecido. Isto não era problema para mim, bastava saber se seria para meu parceiro. Eric então chamou a mim e a mais quatro pessoas, não dei atenção a seus nomes, afinal teria tempo para descobrir mais tarde. De onde estava, me desloquei até uma plataforma a qual fui indicado, juntamente com os demais.

    Agora me encontrava em uma elevador. Não havia outra cor no local a não ser a cor branca, que contrastava com a minha pele. Meus olhos se irritaram até se acostumar com o ambiente. A voz de uma mulher deu-nos boas-vindas e nos pediu para que disséssemos nossos nomes. Aguardei a oportunidade de não interromper ninguém para que pudesse respondê-la.

— Dean Jhonson. — Vociferei olhando para cima, pois não sabia de onde a voz vinha. Após todos os nomes ditos, a mesma voz continuou a falar, agora nos mostrando um painel com algumas vestes. Somente aquelas estariam disponível para vestimenta. Observei os trajes por vários segundos, nenhum havia me agradado. Balancei a cabeça negativamente e, contrariado, escolhi a quarta roupa masculina disponível. Antes do elevador estagnar, a voz ainda nos avisou sobre nosso pertences e as mochilas que tínhamos. A porta do elevador se abriu e de frente a nós estava o Reino de Tellurís. A voz do elevador nos desejou boa sorte e cessou sua fala. O jogo havia começado.
avatar
Dean Jhonson

Mensagens : 8

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Jared C. Rhodes em 26.09.14 19:02

Do bats eat cats?
♦ ♠ ♥ ♣

Depois de tantos testes, estava exausto, porem estava eu dentro de uma sala, requintada, sua arquitetura me chamou a atenção, fiquei impressionado, porem uma voz no fundo da sala me chama a atenção, me dando as boas vindas, em seguida se apresentando como Eric Q’asry, dizendo-se responsável pelo projeto, com isso ergo uma das sobrancelhas, e esboço um leve sorriso, ele logo começa a falar sobre o jogo e isso me chama mais a atenção, enquanto ele falava mordia o lado direito dos lábios discretamente ”...hum..encontrar um tal de cristal...rouba-lo..e ainda de quebra matar um Rei...-pensava com um leve sorriso, em seguida as informação Eric fez um sinal apontando para a plataforma, enquanto ia caminhando começava a tirar as roupas, ficando apenas de cueca Box branca, esboço um leve sorriso enquanto via a roupa nº 2 -gostei dessa.. dizia apontando com o dedo indicador, começou a se vestir e quando terminou pegou a mochila e a capa e a vestiu ambos, quase que em seguida a porta do Elevador se abre e uma luz surge e me cega temporariamente.



Capa usada
Spoiler:
avatar
Jared C. Rhodes
Clube do Inferno
Clube do Inferno

Mensagens : 34

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Inicio do Jogo

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum