Diário de Krieg K. Hook

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Diário de Krieg K. Hook

Mensagem por Krieg K. Hook em 28.06.14 14:39


Psycho

Quem luta com monstros deve velar por que, ao fazê-lo, não se transforme também em monstro.

Ouvia o gotejar de longe e som de água se movendo, abri os olhos e vi onde estava, o local tinha um cheiro pútrido e eu podia ver algumas pessoas no local, porém ainda não estava acostumado com a luz do ambiente e relaxei o corpo novamente.
Após alguns minutos em pleno silencio finalmente havia notado algo, no teto algo se movia, seus movimentos eram lentos porém ainda era possível ouvir sua fina lamina cortar o ar, estava amarrado a uma mesa, próximo da minha mão direita estava um pedaço de carne ainda sangrando.
Estava preso pelas mãos e pelos pés, as cordas eram grossas, levaria um bom tempo para que eu conseguisse me soltar de uma delas, suspirei e fiquei em silencio novamente, desta vez notei um som diferente, o pendulo estava fazendo o mesmo som que um relógio, um leve tick e tack quando se movia em direções diferentes.
Passei as próximas horas distraído tentando soltar minha mão esquerda, havia conseguido deixar o nó um pouco mais frouxo e suspirei, novamente olhando para o pendulo, notei desta vez que ele parecia maior, seu som parecia mais alto.
Naquela hora senti a raiva aumentar, quem me prendera ali, seria aquilo apenas mais um truque de minha cabeça? eu estaria sonhando ou a realidade e a ficção se misturaram em mais um abraço fatal?
Fiz força no pulso e consegui solta-lo, porém não teria como fugir, eu não tinha tempo para soltar meu outro braço e minhas pernas.
Suspirei e olhei para a carne, uma ratazana agora estava mastigando a ponta da carne, rapidamente estiquei minha mão esquerda pegando um pedaço da carne ensanguentado e passando-o nas cordas que ainda restava.
Demorou em torno de uma hora para as cordas serem ruidas por uma grande quantidade de ratazanas que estavam famintas, rolei para o lado e consegui me safar, porém olhei para trás, só agora notara que a água que antes não atingia nem a metade dos pés da mesa agora estava quase que completamente rasa.
Suspirei e olhei na direção de onde minha cabeça antes estava presa, havia uma caída de alguns metros em pedras sob o mar, e na outra direção um grande túnel escuro, ouvi então o som de água, não de água como um riacho era mais como uma cachorreira e então notei, eu estava prestes a ler jogado longe pelo cano.
Então aconteceu, a força da água era grande e tudo foi lavado do local, inclusive as pobres ratazanas.
Fechei os olhos e notei que não estava caindo, olhando para cima vi um ser brilhante, tinha cabelos de ouro e suas roupas pareciam ser feitas de sangue.
Se tu olhares, durante muito tempo, para um abismo, o abismo também olha para dentro de ti.
credits @ CG


Off: mesmo esquema que meus post de diário, eu no primeiro post sempre descrevo um sonho e etc ^^
Participação final da Kaelle >  :hannah2: 
avatar
Krieg K. Hook

Mensagens : 55

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum