Teste para os Novos X-Men

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Alana Holfman em 15.06.14 23:07






Novos X-Men: Um Novo Início




"Qual é o sentido de um ideal? É os seus seguidores que o sustentam, ou estes últimos que se sustentam de seu ideal? O que acontece com um ideal, quando as pessoas não mais creem nele? Será que esse ideal morre? Ou as pessoas que morrem, sem ele?" Me pergunto, olhando o antigo quadro de recados da Academia, agora coberto por uma camada de poeira...
Respiro fundo, repassando as lembranças dos alunos, dos professores, do barulho e da correria, tão irritantes antes, mas tão ausentes agora... Me sinto vazia, tão vazia quanto esses corredores... Ouço um bipe, tirando o pequeno aparelho do bolso, e vendo a mensagem: "Reunião - Novos Recrutas".
"Finalmente..." Penso, respirando fundo.
Ajeito o pesado sobretudo de couro por cima do antigo uniforme, um modelo feito em material maleável com uma resistente proteção, e característica emborrachada, além de especialmente adaptado para minhas habilidades. Caminho a passos rápidos, rumo em direção à Sala de reuniões para encontrar os novos recrutas:
"É o momento. Se um ideal morre quando as pessoas deixam de acreditar nele, então eu vou ressuscitá-lo..." Penso, apertando o passo até a sala.


Regras de Postagem:

- A fachada da Academia está sem o brilho de outrora, é como se uma nuvem negra se abatesse... O barulho dos alunos fora substituído por um silêncio funesto, o jardim está seco, e as estátuas estão com marcas de musgos, que começam a crescer sob a superfície de concreto. Descrevam a sensação de encarar a Academia, atualmente desativada.
- Vocês serão recebidos por uma funcionária. Ela usa um sobretudo preto, com o X no braço, roupas pretas, cabelos loiros, presos em um coque na parte de trás da cabeça. É mutante (memória fotográfica), conhece cada um de vocês, mesmo que estejam disfarçados, e só os guiará até a sala quando todos tiverem chegado. Podem desenvolver um diálogo com ela, mas ela não flertará, não responderá nenhuma pergunta sobre os X-Men (ou o teste) e não será persuadida a nada.
- A sala onde vocês estão possui uma longa mesa de vidro no centro, com várias cadeiras dispostas uma de frente para a outra, como uma sala de reunião em uma empresa. No topo da mesa, onde todos podem ver, há a minha cadeira, e ali há uma pilha de pastas com capa preta (são as fichas de vocês, com informações coletadas sobre suas rotinas, poderes e profissões... Vocês não escolheram, foram escolhidos).
- Assim que todos tiverem postado sua entrada na Academia, e na Sala de Reuniões, eu irei postar o que cada um deve fazer. Após eu postar, ninguém mais entrará.


note: where | wearing: this | with: who

thank's for @lovatic, cupcake graphics

avatar
Alana Holfman
Mutante
Mutante

Mensagens : 369

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Imala Halona em 17.06.14 22:42


New life?

Quem sabe eu possa ficar por aqui :v
Uma nova oportunidade! Como eu precisava disso! Depois de ter me demitido por causa de um cliente tarado, eu não consegui arrumar nenhum emprego e as contas acumulavam cada vez mais... Estava praticamente falida. Mas uma luz surgiu para mim! Fui chamada para trabalhar em um lugar que ajudava os mutantes, um trabalho perfeito para mim. Peguei as minhas última economias e fui para esse tal lugar, acho que se chamava Instituto X.

Quando cheguei no local do tal Instituto eu quase perguntei se era o lugar certo. O prédio parecia que foi abandonado há muito tempo, os matos nos jardins estavam enormes e eu não conseguia ver direito as estátuas! Eu fiquei com dó e receio do lugar, provavelmente ele já foi feliz algum dia, mas isso foi há muito tempo... Não me senti muito segura observando o prédio e eu era a única no lugar... Achava pelo menos.

-- Eu posso ajudá-la?

Eu quase infartei! Estava tão perdida olhando a paisagem e essa mulher me interrompe do nada!

-- Er... Eu vim fazer uma entrevista de emprego. Aqui é o Instituto X né?

A mulher só falou "Siga-me" e eu segui ela. Enquanto ela me levava para algum lugar eu fiquei encarando ela. A mulher tinha roupas bem bonitas, mas nada de muito grandioso, acho que os cabelos presos em coque significavam que ela era uma secretária ou recepcionista... Arrumei a minha boina e comecei a decorar mentalmente o que eu ia falar para a entrevistadora.

-- Chegamos! Sente-se aqui e espere um pouco ok?

A sala onde ela me deixou era grande, espaçosa, com muitas cadeiras e pastas. Eu acho que não fui a única a ser chamada para essa entrevista de emprego... Que droga! Fiquei girando na cadeira, impaciente, esperando alguém aparecer.

Day: Que dia é hoje?    Place: Voando no sétimo céu    With: Meu namorado imaginário    Humor: Loca loca loca                    Clothing: Link  
credits @
avatar
Imala Halona

Mensagens : 81

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Kylle R. Hanner em 26.06.14 15:11






X-POST



Mesmo não sendo demitido logo de cara assim que saí correndo aquele dia, sabia que meus dias estavam contados dentro daquela loja de esportes - ou talvez não, já que o Senhor-Meu-Chefe-Que-Eu-Não-Me-Lembro-O-Nome sabe que, os clientes só vão a sua loja por minha causa. De qualquer modo, o velhote bateu as botas uma semana depois. A loja ficou para o filho misterioso dele que eu nunca conheci e nem desejo conhecer, o que foi o convite perfeito para eu cair fora de vez daquele lugar. Oliver insistiu para que eu permanecesse e "tocássemos" a loja pra frente, mesmo sem o Senhor-Nosso-Chefe. Sei que eu provavelmente fui muito grosseiro com o garoto, mas sei que suas intenções comigo dentro daquela loja ia muito além de "tocar" apenas a loja para a frente. Ele é legal, mas quanto mais eu me afastar dele, melhor para ele e melhor para mim.

Não passou-se muito tempo, e eu já estava ficando entediado de permanecer em casa sem fazer absolutamente nada. Até que, recebi outro dia, por correio, uma espécie de convite para comparecer em um tipo de Academia, que tratava de assuntos mutantes. Minha mãe adorou a possível proposta, mesmo sem saber do que se tratava - até porque, meus pais não precisam saber da parte do "mutantes".

Como acontecia quase sempre, acordei atrasado, me arrumando para ir até lá de um jeito bem rápido e certamente informal. Vesti uma calça skinning branca, não muito justa mas também não muito larga, acompanhada de uma camisa social preta com detalhes em cinza, e um tênis preto da marca Vibe. Eu parecia o tipo de garoto riquinho - que infelizmente não sou - que se veste apressadamente. E meus cabelos? Os mesmos embaraços de sempre.

Saí correndo - literalmente - de casa, indo pegar o primeiro ônibus que levasse-me até o lugar chamado de Academia X. Não demoro a chegar, já que o lugar não é muito longe de minha casa, e quando passo pelo portão da mansão, percebo que não estou tão atrasado quanto pareço estar. Uma secretária - ou qualquer coisa do tipo - estava esperando algo ou alguém em frente a mansão, e provavelmente era eu. Eu estava pronto para dizer "Olá X-Senhorita-Senhora-Secretária-Loira-Bonitona, eu sou o seu maior sonho de consumo, em que posso servi-la?" quando ela simplesmente sorriu e disse:

- Senhor Hanner, que prazer em conhecê-lo. - Ela estendeu a mão e me cumprimentou. Certo... Poderia ter sido melhor, mas é um bom começo para a nossa relação. - Acompanhe-me por favor, Lobo Místico. - Ela disse, como se estivesse mandando algum tipo de indireta, e só então percebi o que a palavra "Mutante" estava fazendo naquela carta. Mesmo que eu não tenha adotado oficialmente meu alter-ego Lobo Místico, ela deve saber algo muito além do que posso imaginar sobre mim, e talvez, até sobre a mulher louca que me atacou e arrancou a unha do mindinho do meu pé esquerdo. Sinto arrepios na minha perna esquerda toda vez que lembro dela.

Quando paro para olhar a mansão com mais detalhes, percebo que ela está bem descuidada. A grama precisa ser aparada, a poeira precisa ser varrida, dentre várias outras coisas que precisavam de uma boa limpeza.

Assim que entramos, sou direcionado a uma grande sala, com uma mesa de vidro grande, cercada de cadeiras, em maioria vazias. Só há uma pessoa na sala, uma garota de cabelos loiros e curtos, bem bonita. Ela está em silêncio, e não pareceu demonstrar reações com minha chegada. Somos deixados sozinhos na sala, e logo me acomodo.

- E aí? - Digo para a garota, sentando-me na cadeira a frente dela e colocando os pés em cima da mesa, inclinando-me para trás. - Meu nome é Kylle, mas pra você pode ser Senhor Sedução, ou Meu Maior Sonho de Consumo, se preferir. - Disse, sorrindo para ela. Olhei para algumas pastas na mesa, e peguei uma, extremamente metido e curioso. - Que bando de filhos da... Andaram vigiando um monte de gente, inclusive eu e você, Senhorita Hightower. - Disse, olhando por cima da pasta para a garota. Certo, sei que talvez eu não seja nada disso do que acabei de dizer para os gostos da menina, mas é bom provocá-la um pouquinho. Devolvo a pasta rapidamente, me sentando da maneira certa na cadeira, como se eu estivesse me comportando bem.

tagged: X-Nothing ✖ listening: NOTHING by NOBODY ✖ tks, clumsy!
avatar
Kylle R. Hanner

Mensagens : 21

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Alec Griffin em 28.06.14 10:36



I'M BATMAN!!

O sol estava desaparecendo timidamente no horizonte em meio a nuvens escuras e tempestuosas. Deitado num dos bancos de uma pracinha num canto isolado da cidade, estava um jovem rapaz que parecia somente encarar o céu por entre os galhos das árvores porém, Alec estava somente aproveitando o tempo livre para ficar de bobeira na internet. Sempre costumava entrar em sites de pôquer online para ganhar uma grana fácil. Todos os membros destes lugares sempre temiam cair em uma mesa em que estivesse o "MeioBesta333", pois parecia que ele sabia quais cartas cada um tinha em mãos e Alec de fato, sabia.
O rapaz acabou voltando sua atenção para o mundo real após um gota de chuva cair bem no meio da sua testa, respondeu a isso com um abrupto salto se levantando. O caminho era longo até seu apartamento mas Alec não reclamava pois haviam poucos locais como aquele em que poderia ficar de bobeira e seguro. Passou numa cafeteria e pediu um copo grande de café cubano para a viagem e saiu degustando sua bebida por mais alguns quarteirões ansioso por chegar logo em casa, pois uma tempestade pesada estava vindo. Não resistiu e se desviou de seu trajeto para passar em uma livraria especializada em livros antigos que gostava, pois eles tinham ótimos exemplares de bons livros que jamais seriam dispostos online. Entrou e colocou seu copo de café sob uma estante e olhava interessado as prateleiras dos livros mais velhos quando notou a entrada de dois homens de aparência suspeita pelo reflexo do vidro de um quadro a sua frente, já ficando com um pé atrás por sua costumeira paranoia.


-Calma rapaz, relaxa. Você não é a ultima bolacha do pacote pra sempre estar na mira de todos, nem todo mundo quer te matar. - Murmurava baixo para si mesmo, numa tentativa inútil de se acalmar.

Porém suas suspeitas foram justificadas dessa vez,pois no instante seguinte que perceberam ser o rapaz que procuravam os estranhos levaram a mão por baixo do paletó puxaram duas pistolas com silenciadores. Então a paz e a tranquilidade costumeiras da loja foram interrompidos pelo som de tiros. Alec que já havia percebendo o perigo conseguiu se salvar pulando atrás de uma estante, mas ainda não estava seguro e fugiu em meio a uma salva de tiros. Conseguiu correr pelos tortuosos e labirínticos corredores daquela livraria que conhecia e chegar ileso a porta dos fundos, sai para a rua. Andou depressa em meio a multidão, caminhou por mais alguns quarteiros e suspirou triunfante achando que estava seguro, mas estava errado. Uma van preta virou a esquina e nela estavam seus dois perseguidores, quando notou iniciou novamente sua corrida incessante, e perdeu seus algozes da linha de visão. Notou ao longe que um táxi havia parado para um casal então se precipitou na corrida e conseguiu tomar o táxi antes deles, após alguns xingamentos do lado de fora o táxi arrancou. Mas ainda não estava seguro pois, quando se virou para checar o tráfego viu a van ainda em seu encalço. Alec tinha alguma vantagem mas eles não tardariam a alcança-lo, então após o táxi passar por um semáforo, este se descontrolou e mudou os sinais aleatoriamente  e vários carros se chocaram causando um grande engarrafamento então o rapaz se virou e curtiu o caminho tranquilo até sua casa, alguém havia o entregado, ele estava acostumado com o perigo mas dessa vez eles chegaram muito perto. Enquanto ainda divagava sobre isso o rapaz percebeu que havia chegado um e-mail, o que era muito estranho pois aquela conta era para ser secreta e lá estava ele intitulado  "O Convite". Leu atentamente e viu que se tratava realmente do Instituto Xavier, após uma rápida busca leu que oficialmente ele estava acabado. Porém ao que se parecia eles estavam tentando construir um novo começo, esse pensamento soou familiar pois era o mesmo que andava martelando seu cérebro a algum tempo e os eventos deste dia foram a gota d'água. Juntou algumas roupas e um par de tênis a mais fora os surrados que estava usando rapidamente numa mochila e escolheu os livros que mais gostava e deu um jeito de fazer caber também, e partiu. Optou por ir de ônibus, cochilou encostado na janela com o barulho da chuva forte que caía ao fundo. Chegando no ponto, desceu e continuou seu caminho a pé, quando se deparou com os portões do Instituto, ficou estupefato por algum tempo. Realmente não era o que ele esperava, por mais que já fosse de dia o ambiente lúgubre do musgo crescendo por sob as ruínas de estatuas de anjos e o aspecto abandonado do lugar se caracterizava com um filme de terror, deu um passo para trás meio que por instinto.

-Olá senhor!Os outros já estão a sua espera... -Comentou de forma cordial uma mulher que apareceu do nada segundo a perspectiva do ciberpata.

-Outros? Então se mais pessoas vieram meus serviços não são necessários, não é?! -O rapaz fez o comentário num tom brincalhão para disfarçar o nervosismo.

-Por favor, me acompanhe Alec.

A funcionária ignorou completamente o comentário do rapaz indicou num movimento leve com a cabeça para que ele o seguisse. Porém o que mais irritou o ciberpata foi ela ter deixado ele na evasiva com o comentário. Chegando em uma sala, percebeu que um rapaz e uma garota já se encontravam no cômodo.

-Olá! -Disse olhando bem nos olhos dos dois e fez uma rápida busca na rede e descobriu um pouco da vida de seus prováveis companheiros.

Quando se acomodou notou que na larga mesa de vidro a sua frente tinha uma pasta com seu nome, após abri-lá percebeu que eles o estavam vigiando muito de perto pois sabiam de quase todas as suas atividades extras. Não segurou sua expressão de surpresa, eles eram bons. Após isso sabia que estava no lugar certo, uma nova direção na vida um lugar que ele poderia fazer uma real e significativa diferença no mundo.




Este é o post numero 001 do fodão The Hacker no Instituto com Kylle e Whit
.



avatar
Alec Griffin

Mensagens : 18

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Trevon J. Kane em 07.07.14 16:42







Salamandra.
Noite anterior

A noite fria caiu sobre Nova York, correndo ao voltar pra casa Lauren se encontrava, passos rápidos de suas pernas que a própria julgava pequena, sua alma queimava, incendiava, tudo na esperança de chegar em casa, abre a porta de casa e aproveita para toma um pouco de folego, ela abre a porta acavaladamente, passa pela mãe que estava jogada na poltrona da sala, os pés dela estavam em cima do braço da poltrona e suas costas apoitadas.

– Querida? – A Mãe pergunta se erguendo

–Manhêê, agora não. – A garota diz correndo em direção ao fim do corredor.

– Mas filha... – Ela não tem chance de terminar a frase pois a garota se fecha no banheiro.

Após alguns minutos a garota sai de lá, a mãe se encontra na cozinha fazendo algo para sua filha comer, a garota puxa uma cadeira na mesa redonda delas e pergunta. – Mãe, a senhora queria falar alguma coisa? –

– Sim, chegou uma carta. – A Mãe diz virando-se e colocando uma tigela com lasanha em cima da mesa.

– Carta? – A garota retruca, mas logo pergunta. – De onde? Cobrança?

– Não, é de Westchester. – A mãe diz e automaticamente o rosto da filha se fecha. – Que foi Lauren? – A Mãe pergunta, mas, Lauren apenas balança a cabeça negativamente dizendo que não gostaria de conversar.

Dia seguinte.

Chegando nos portões da Academia X, a visão que Lauren tem é triste, um lugar onde já foi um grande instituto para jovens com habilidades especiais como a dela em situação decrepita, a fachada quase não podia se dizer que outrora foi de um grande local, Lauren que antes fora aluna do instituto por algumas semanas estava sem reações pois o único local onde sabia que sempre seria aceita e amada como uma mutante agora estava se afundando. Ela prendeu a respiração para não chorar, olhou para cima, sentindo as suas lágrimas voltarem, respirou fundo e continuou a andar.

O barulho do silêncio ensurdece Lauren, tentando manter a calma ela faz um rabo de cavalo em seu cabelo pois não sabia qual seria o teste que iria ter que passar, só sabia que deveria estar preparada para tudo. Ao chegar na entrada da academia uma moça loira e algumas pessoas, não era ninguém no qual Lauren conhecia, o frio na barriga que a própria sente a cada passo aumenta, a sensação de querer chorar cresce, mas ela se mantêm forte e não deixa nenhuma lágrima cair.

– Posso ajudar? – A Moça loira pergunta.

–Vim pela entrevista. – Lauren responde em uma intonação mais baixa do que desejava.

– Ok, espere, quando todos os entrevistados chegarem logo após todos iremos para a sala de reuniões. – A moça responde Lauren.

Lauren se mandem no seu canto apreensiva, até que todos chegam, a moça loira os leva para uma sala durante o tempo todo ela repetia para si mesma mentalmente: “Não vão entrar, não podem ver.” Esse foi o mantra que a manteve calma até chegar em uma grande sala durante algum tempo ele esperaram lá, até a entrevistadora chegar.


.
TAGS; Aula. PLACE; TROM PET. VESTINDO; :3.
CREDITS ‹›




[/b][/color]
avatar
Trevon J. Kane

Mensagens : 33

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Teste para os Novos X-Men

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum