Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 06.06.14 5:55




Esgotos de New York: Dias Atuais

Victor Ives já estava a algum tempo nos esgotos, onde a cada dia ele perdia um pouco da sua humanidade... Caso ele sobrevive-se por mais alguns meses seria possível ouvir noticias de um louco que saia dos boeiros da cidade para matar pessoas, virando uma lenda urbana. Porém ainda era o primeiro mês, poderia acontecer muita coisa até lá.

Quarta-Feira, dia 05 de Março de 2014

Victor andava pelos tuneis subterrâneos distraído com suas "pequenas" companhias, porém algo interrompeu a sua distração, olhando para o alto ele via uma grade que dava para a superfície, dela ele pode ver alguém passar correndo e em seguida Doombots correndo logo atrás. Era complicado para Victor, mesmo que por algum motivo passa-se uma hipótese de tentar ajudar quem estava lá encima, ele provavelmente não o faria, afinal o que os seus vírus poderiam fazer com maquinas?

Disparos eram ouvidos e para a sua surpresa o barulho de uma das tampas de boeiro, era algo que ele reconhecia depois de algumas semanas por ali. Victor entrava na penumbra quando uma criança caia dentro do túnel logo após de barulhos seguidos de tiros. O boeiro era fechado, parecia que os próprios Doombots tinham o fechado apos alvejar a criança. Era uma menina de cerca de 13 anos, estava bastante ferida devido os tiros, além de hemorragias havia a sujeira daquele ambiente. A menina apenas agonizava de dor, tinha cabelos castanhos claros encaracolados, olhos cor de "mel" e pele morena, usava trapos e caso ele olha-se com mais atenção viria uma das "famosas" pulseiras no braço direito dela.  



Regras,




- NÃO HÁ ORDEM DE POSTAGEM

- A PARTIR DE AGORA, ESTA VALENDO AS REGRAS DE COMBATE. Nada de afirmar que acertaram alguém e sempre que usarem um poder postem o poder.

- Os npcs e cenário serão controlado pelo narrador, no máximo façam algumas falas deles e coisas sutis.

- Pulseira, uma vez colocada não se pode afirmar que conseguiu a retirar, se quiser tentar deverá esperar a postagem do narrador para ver se conseguiu.

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor Ives em 10.06.14 18:30

Não vão nos pegar
Nós vamos correr, nada pode nos parar
Logo se escutarão, risadas e vozes
Além das nuvens, atrás das montanhas
Nós correremos por estradas vazias
Luzes do aeródromo iluminando-te




“Arg, o que é aquilo?
Aquilo é humano.
O que é humano?
Aquilo.
O que é realmente aquilo?
Apenas um humano.
Humanos fedem.”



Toc Toc Toc, os pezinhos correm ligeiros pela superfície.

Tum Tum Tum, o maquinário caça os pobres pezinhos ligeiros.

Os homo fazem barulho demais e alguém foge das maquinas assassinas, sempre fogem.

Batem, caem e fuziladas são.

Poom Poom Poom, tiros a todo o momento e o barulho da grade movendo.

Sombras no seu lar acolhem o rato a observar.

Pequena cai ao chão lamentando em seu coração e lamina desliza na mão do rato assustado.

A grade fecha no topo, no céu e o rato desliza e verifica a pobre réu.


A certo tempo não via humanos nos esgotos, as vezes ele apareciam como Kylle e alguns outros que surgiam que ou eram hostis e morriam ou já costumavam morrer por feridas, a grade acima de mim havia se fechado e não tinha certeza se os Doombots eram os responsáveis pelo ato, talvez fossem, havia percebido que no braço da garota tinha a pulseira usada por Doom para rastrear as pessoas e talvez aquelas maquinas tivessem deixado ela viva de propósito, não creio que deixar um alvo respirando seja do feitio deles e acho que eles a deixaram ali para que alguém a resgatasse, seria simplesmente perfeito, se aquele grupo rebelde que eu divido o subsolo a achasse talvez fizessem a burrada de leva-la para a base e a partir daí a rastreariam, os meus amigos começaram a surgir já que na minha presença eles não iriam ter medo dela, na realidade poderiam ataca-la se eu deixasse.

A menina devia possuir uns 13 anos e era bonita, devia ter origem Latina não tenho certeza, respirava ofegante e talvez tivesse quebrado uma costela na queda, havia ferimentos por todo o corpo e me senti tentado a questiona-la se queria viver ou morrer, mas uma criança não deveria decidir isso, vamos deixar isso nas mãos da sorte e nas minhas só que não poderia movê-la dali, não com aquilo no braço.

- Você vai ficar bem desde que olhe para o outro lado.

Movi o rosto da menina para o lado oposto do braço com a pulseira e me aproximei da face da garota, abri minha boca e liberei um Vírus que iria invadir o sistema nervoso dela e atacaria a área do cérebro responsável pela sensação de dor física, pois uma menina gritando no esgoto não é uma boa escolha, coloquei um par de luvas plásticas e separei também um dos bisturis que carregava comigo no Kit de Primeiros Socorros (O Kit sempre esta comigo e o Bisturi que havia sacado antes estava contaminado com água suja e é usado para combate) então limpei o braço da garota com algodão e álcool, lamentei por estar gastando material e depois retirei minha camiseta, lamentei novamente agora por estar me livrando de mais uma boa camiseta ainda mais por ser nova e estar limpa e a usei para amarrar um torniquete improvisado no antebraço da garota com a ajuda de um pedaço de ferro comum de ser encontrado pelos esgotos, respirei fundo e pensei “Você vai odiar isso”.

A lamina do bisturi deslizou na carne da menina sob a região do cotovelo e a garota tentou virar a cabeça, mas a empurrei de volta, a pele foi cortada e o sangue jorrou de forma brutal, ainda mais enquanto atravessava a carne, fui cortando eliminando carne, músculo e tendões até bater nos ossos exatamente na divisa do braço e antebraço, essa parte costuma ser chata, mas com uma ajudinha do Tommy vai servir então pego o rato que observava ao meu lado e coloco do lado oposto do braço, faço um gesto com as mãos imitando uma mordida e indico a região entre o úmero e o rádio/ulna enquanto eu verificava as outras feridas pelo corpo que apresentava perfurações próximas a bacia, dos pulmões, coxas, uma próxima da virilha e da veia femoral além de que só então percebi que o braço com a pulseira também estava seriamente danificado, respirei fundo e me assustei com o movimento das minhas costelas, não havia notado estar tão magro, será que conseguiria leva-la comigo até algum lugar? Enfim, teria muito trabalho para terminar com ela para só então poder movê-la para algum local.


Spoiler:
Nome: [A] – Upgrade no Sistema
Natureza: Raciocínio [T]
Tipo: -
Grupo: Manipulação Patológica
Bônus de Acerto: +2
Duração: Cada efeito dura 1 turno. Nenhum efeito pode se repetir na mesma pessoa, em um mesmo combate.
Recarga: Pode ser usado 1 vez a cada 2 turnos.
Descrição: Victor lança uma pequena quantidade de vírus para um aliado que acaba aprimorando sua habilidade físicas, entre esses efeito são: (Victor não pode usar em si mesmo)
Inibição a Dor: O Vírus infecta a mente do aliado impedindo que o mesmo sinta dor.




Thanks Tess
avatar
Victor Ives
Fantasma
Fantasma

Mensagens : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 12.06.14 2:42




Esgotos de New York: Dias Atuais

Victor Ives tomava uma decisão rápida, provavelmente pela insanidade ao qual se encontrava... Tomar decisões por impulsividade quando se tratava de algo feito por Doom era assinar o atestado de óbito e assim Ives o fazia. Pouco se sabia dos que tentaram remover a pulseira de alguma forma, um grande engano de alguns era achar que quebrar o dedão ou desloca-lo era o suficiente para frustar todos planos de Doom... Sem falar nos mais ousados que tentaram arrancar a própria mão em um momento de insanidade ou até os que possuíam regeneração e viram isso como o meio mais viável, afinal a mão nasceria novamente.

Ives começava a cortar o braço dela e a romper o primeiro nervo... Enquanto a criança tentava o fazer parar, mas estava sem forças para isso. Aquela pulseira metálica piscava com um tom roxo escuro, pouco tempo para se reagir, ainda mais quando se esta agachado. Uma explosão ocorria a queima roupa, incinerando Ives e os seus ratos... As chamas subiam nas grades da rua chamando a atenção de todos, principalmente dos robôs de Doom.

De alguma forma o jovem magricelo era capaz de sonhar, ter pesadelos e até lembranças de alguns fatos da sua vida.



Um segundo, uma decisão, pode transformar uma vida inteira....

Spoiler:
Obs: esta livre para interpretar a explosão e depois disso apenas sonhos, pesadelos e até lembranças de alguns fatos da sua vida.


Regras,




- NÃO HÁ ORDEM DE POSTAGEM

- A PARTIR DE AGORA, ESTA VALENDO AS REGRAS DE COMBATE. Nada de afirmar que acertaram alguém e sempre que usarem um poder postem o poder.

- Os npcs e cenário serão controlado pelo narrador, no máximo façam algumas falas deles e coisas sutis.

- Pulseira, uma vez colocada não se pode afirmar que conseguiu a retirar, se quiser tentar deverá esperar a postagem do narrador para ver se conseguiu.

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor Ives em 15.06.14 18:13

Não vão nos pegar
Nós vamos correr, nada pode nos parar
Logo se escutarão, risadas e vozes
Além das nuvens, atrás das montanhas
Nós correremos por estradas vazias
Luzes do aeródromo iluminando-te



O MÉDICO E O MONSTRO
O LEGISTA E O RATO

O Central Park estava ensolarado e a grama estava alta se comparada com o comum, o céu parecia brilhar como se cada nuvem tivesse luz própria, mas eu não conseguia mover minha cabeça para cima e verificar a fonte de tanta luz, na realidade a única coisa que eu observava na minha frente era um homem, na realidade um rato ou um homem rato, uma mistura de ambas as coisas com suas orelhas arredondadas atentas e um longo focinho que se apresentava de forma assombrosa, era imponente e até mesmo elegante para uma criatura daquela natureza, de pé a minha frente com um longo sobretudo verde escuro rasgado sobre um colete vitoriano verde musgo e uma camisa branca, sua calça era um social da mesma cor que o sobretudo, mas até ai a coisa não me incomodava, era o fato de que todo o seu lado esquerdo apresentava queimaduras que me deixava assombrado.

Na Estação Central de Nova York a luz estava forte mesmo sendo apenas aquela que passava pelos vitrais espalhados no lugar, a minha frente a alguns metros havia um rapaz, jovem, magro e de olhar cansado, um velho conhecido que há algum tempo não o via e que estava vestido com um longo sobretudo verde escuro sobre um colete vitoriano verde musgo e uma camisa branca, sua calça era um social da mesma cor que o sobretudo e se mantinha com um olhar que apresentava cansaço e confusão, ele possivelmente não sabia, mas todos o seu lado esquerdo estava queimado entrando em estado de carne viva.

- Quem é você? O que é você?

- Não me reconhece? Sou você.

- Não, não pode ser.

- Sou o que você se tornou.


- Como isso pode...

- Você foi embora, eu fiquei.

- Eu não fui embora.

- Foi sim, me deixou aqui para sobreviver sozinho.

Percebi então com certo esforço do que se tratava a criatura a minha frente, um reflexo de mim mesmo, uma versão menos racional e mais instintiva.

- Você foi fraco e se perdeu, precisava de você, você era a mente pensante, eu era o que nos mantinha vivo, eu tirei a nós dois da Inglaterra quando nosso pai decidiu que devíamos morrer e eu não sei cuidar de crianças-bomba.

- Como assim?

- Você vai descobrir se sairmos dessa vivo.


-~~~-

Agora eu estava exatamente em cima do Big Ben em pé, Londres se curvava abaixo de mim e nada, absolutamente nada parecia importar, a noite estrelada e altamente iluminada era incomum na minha Terra Natal, um lugar que tanto amava, mas tinha que concordar que possuía um padrão meio cinza de ser, sentia falta daquele lugar, de seus museus, de sua gente e até mesmo de sua comida, mas meu devaneio foi abruptamente interrompido por uma voz em alto som que se apresentava vindo do fundo de minha mente:

" - Você sabe que você é uma arma, uma bomba prestes a explodir, as pessoas perto de você adoecem e as vezes morrem, você precisa encontrar uma cura para isso, uma forma de impedir isso... senão você ira ter que morrer. "

Aquela voz era a de meu pai, ele não entendia meu poder, meu potencial, ele me temia e eu as vezes o temia, passei mais 15 dias morando com ele até ir embora.

-~~~-

Sozinho num corredor escuro apenas com uma lâmpada fluorescente a piscar tristemente no fim do percurso, vozes pareciam lamentar e chorar vindas das paredes ou de lugar algum, o chão molhado parecia sujo de sangue e fedia a catarro, vômito e aquele odor característico de gente enferma quase que como se as doenças e as pestes tivessem odores, passo por passo cadáveres juvenis se apresentavam para mim com seus olhos vermelhos, pele arroxeada, língua e lábios negros e com sangue vazando de orifícios, estavam inchados, abertos, rasgados e alguns chego a dizer estavam estourados e nunca durante a minha curta vida o odor do tempo pós o ultimo suspiro havia me incomodado tanto e somente depois de certo tempo percebo que os lamentos sussurravam distante a mesma palavra, "Peste" e quando finalmente cheguei no fundo do corredor o rato me esperava sentado a me encarar, sua boca abriu meticulosamente com a saliva grudada ligada a ambos os lados da mandíbula e seus olhos intensos pareciam encarar um enorme queijo velho embolorado:

- Esta na hora de acordar.




Thanks Tess

avatar
Victor Ives
Fantasma
Fantasma

Mensagens : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 20.06.14 10:48




Lugar Desconhecido: Dias Atuais

Sonhos e pesadelos teriam sido a companhia de Ives por um período de tempo desconhecido. Ives acordava com visão um pouco turva, ele podia olhar a sua frente, porém não sentia qualquer outra parte do corpo. Ele notava que estava em um lugar um pouco rustico e sofisticado ao mesmo tempo, paredes feitas de tijolos de pedra, porém haviam equipamentos e monitores de alta tecnologia, não era capaz de ver a saída do lugar, pois era incapaz de mover a sua cabeça.

Parando na frente de Ives, estava Dr. Doom...



- Habilidade curiosa Sr. Victor Ives... Manipulação de vírus... Porém não é eficaz nos meus robôs e nem em mim já que estou usando esta armadura, mas ao beber essa taça fico vulnerável aos seus poderes. Sem falar que criar uma vacina não é totalmente viável pois demandaria um grande período de tempo, pois os seus vírus são altamente evolutivos -    Doom bebia da taça e andava uns passos a frente, ficando em torno de 1 metro de Ives - Deve estar com algumas duvidas sobre o que ocorreu. Sua tentativa de remover uma das minhas pulseiras desencadeou algumas contra medidas da mesma, uma delas é altamente danosa, basicamente o seu corpo foi incinerado em uma curta fração de tempo, por consequência você perdeu parte de sua carne e pele... Porém por algum motivo ficou vivo o suficiente para ser apanhado pelos meus robôs. - Doom colocava a taça sobre uma mesa.




Regras,




- NÃO HÁ ORDEM DE POSTAGEM

- A PARTIR DE AGORA, ESTA VALENDO AS REGRAS DE COMBATE. Nada de afirmar que acertaram alguém e sempre que usarem um poder postem o poder.

- Os npcs e cenário serão controlado pelo narrador, no máximo façam algumas falas deles e coisas sutis.

- Pulseira, uma vez colocada não se pode afirmar que conseguiu a retirar, se quiser tentar deverá esperar a postagem do narrador para ver se conseguiu.

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor Ives em 24.06.14 13:14

Não vão nos pegar
Nós vamos correr, nada pode nos parar
Logo se escutarão, risadas e vozes
Além das nuvens, atrás das montanhas
Nós correremos por estradas vazias
Luzes do aeródromo iluminando-te





Ordo Ab Chao


Quanto tempo poderia ter passado desde o meu ultimo suspiro de sanidade? Uma semana? Um mês? Tanto faz, eu estava fudi** mesmo, o tempo que passei naquele esgoto com pouca companhia humana havia reduzido a minha mente num suspiro infundado, num eco distante vindo de lugar algum, eu me lembro de alguém, um rapaz chamado Kylle, mas sinto que realmente nunca o conheci não da forma certa e ainda assim sentia certa afeição a ele, isso deve ser coisa daquele rato, quando finalmente consegui abrir meus olhos, eu estava atordoado demais para identificar com exatidão o local onde eu estava, parecia uma masmorra remodelada por um designer de gosto antiquado com dinheiro sobrando, Deus, eu estava ferrado, quando finalmente minha visão deixou de ficar embaçada pude enxergar melhor a mancha negra e verde que se mostrava imponente a minha frente e com o passar dos segundos pude notar melhor os detalhes, era ele mesmo, Doom.

Não havia percebido direito antes que não conseguia mover meu corpo inclusive minha cabeça, nada de especial, pois eu estava com sono demais para testar me mover assim que acordei, a minha frente reluzia de forma quase heroica Doom que não tardou em falar, primeiro sobre minha habilidade (Que bom saber que tu acha curiosa minhas habilidades), depois sobre o fato de não ser efetiva a ele e aos robôs dele (Sério? Ou eu tenho uma cara de retardado ou ele deve achar que sou muito mais novo do que realmente sou, não preciso que alguém me conte que vírus não tem efeito sobre robôs) e depois sobre beber alguma coisa que o deixaria vulnerável ao meu poder (O que será que ele acha que eu iria fazer? Tentar mata-lo? Infecta-lo com vírus?), ele então bebeu o liquido da taça e me explicou o ocorrido o que não me surpreendeu, ele disse que eu havia sido carbonizado e que havia perdido minha carne e pele então comecei a imaginar meu estado físico atual com esqueleto e órgãos a mostra, fiquei curioso em poder cutucar meu coração, estar tão perto da morte e não poder estudar era meio... triste, felizmente eu não sentia nada ainda, talvez Doom tenha feito algo ou meu cérebro tenha anulado a dor horrível e terrível que eu estaria sentindo ou talvez eu tenha perdido alguma área do meu cérebro, mas agora nada importava, era para eu estar morto simples assim, passei minha vida escondido atrás de restrições criadas por mim mesmo e focado no mistério do melancólico suspiro que separa a vida da morte e agora que eu estava tão próximo de ver o outro lado caso tenha outro lado, então eu não temeria Doom, não temeria mal algum, mesmo que eu atravesse o vale da sombra da morte.

- Onde esta Alexandra e Gertrude?

Foi possivelmente a frase que Doom menos esperava de mim e sinceramente não foi proposital, é difícil falar naquele estado e minha mente parecia embaralhar as minhas ideias misturadas a uma dor de cabeça diferente que mais parecia como se o cérebro tivesse sendo superaquecido e chacoalhado ao mesmo tempo.

- Faz tempo que não as vejo, acho que Gertrude deve estar mandando em tudo la em casa sem mim, ela sempre foi grande... desculpa por estar falando asneiras e desculpa por ter quebrado a sua pulseira.

Meu Deus eu não devo estar bem.

- Sobre o que você bebeu, não sei o que é, mas você acha mesmo que eu iria te atacar? Não sou nenhum rebelde se esta desconfiando disso e nem conheço algum e os dois motivos pelo qual eu fugi e me escondi de você é que eu morro de medo de tecnologia que esteja fora do meu controle e de jogadas políticas envolvendo ditadores, monarcas e coisa e tal e meio que você é tudo isso e um pouco mais, você ainda tem magia.

Parei alguns segundos para verificar se conseguia produzir saliva, minha boca estava seca e minha mandíbula doía, mas não tive muito sucesso.

- Sabe, você conhece “Ordo ab Chao”? Meu pai adorava me contar sobre isso e eu acho que você sabe, ordem a partir do caos, causar uma Era de Trevas e destruição e depois propor paz, fazer o povo temer a liberdade e desejar a proteção, “Me de sua liberdade e eu protegereis vocês ó meus queridos”, é tão bonitinho. – Ri um pouco só que me engasguei no processo, quando me recuperei pude continuar – Sei que o mundo estava em caos antes mesmo de você tentar “causar” e você aproveitou o caos causado pelos líderes mundiais anteriores a você para propor a força a sua proteção, será uma questão de tempo até que o mundo se curve a você e não como esta agora, se curve ainda mais e talvez até te ame se não te odiarem antes, a única coisa que você fez foi ser mais rápido que os Iluminatis e os Maçons, parabéns, você trouxe a Nova Era.

Voltei a rir enquanto pensava nisso, Doom, o anticristo que todos temiam? Não, ele é pouco carismático e muito opressor, ele precisa de algum rostinho bonito para ajuda-lo, que pena que nunca fui carismático e agora estou ainda menos bonito.

- No fundo você não é mal Doom, é uma versão humana das Organizações que regem o mundo, pelo menos algumas delas que no fundo desejam a paz, talvez alguém aqui além de mim também lê teorias da conspiração ou joga videogame mais do que deveria e acabou se empolgando, mas agora me diga, o que você quer de mim? Me matar? Me abrir? Me transformar na sua putinha ciborgue? Quer um mordomo feio para aumentar seu ego? Quer usar meus poderes para algo? Então vou dizendo que sou menos forte do que acham que sou, só que por favor não enrole, me diga por que não me matou ainda e se não vai me salvar...

Respirei fundo e fechei os olhos, depois de dois segundos murmurei para mim mesmo.

- ... aceito o que esta por vir.

Spoiler:
Sim, o post ficou desconexo em alguns pontos, mas foi proposital, não é para estar perfeito e nem perfeitamente são.

 



Thanks Tess
avatar
Victor Ives
Fantasma
Fantasma

Mensagens : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 01.07.14 6:12




?, ? de ? de ?

Latvéria?, Castelo?


Doom escutava o que Ives tinha a falar e no final ele falava - Visão conturbada, porém relevante Sr. Ives. Poderia controverter sobre estas teses, porém o meu tempo anda curto. - Doom cruzava os braços e falava - Só consegui aproveitar o seu cérebro e algumas glândulas as quais você usa para produzir os seus vírus. Lamentavelmente não pude trabalhar na aparência  devido a minha falta de tempo, ficando um tanto que grotesca... Lhe transformei em uma maquina de extermínio... Se for leal a mim e fizer bem o seu serviço humanizarei sua atual aparência, caso contrario irei lobotomizar o seu cérebro e usar como uma maquina sem consciência alimentada por uma I.A. Particularmente preferia manter a sua mente do que usar uma I.A. - Depois que ele falava sua visão era direcionada para uma mesa com os restos do que parecia ser o seu corpo.

(considere a aparelhagem e que o que esta na mesa seja um corpo esquartejado e todo queimado.)


Logo após isso um espelho descia do teto se posicionando na sua frente, revelando a sua aparência, um corpo imóvel robótico que mais parecia ter saído de um filme de terror.

(considere apenas um deles e o cenario sendo o que descrevi antes.)


Doom voltava a falar - Corpo composto em grande parte por Titânio. Rastreador de 200 metros de alcance, capaz de achar mutantes e 400 metros caso o mutante esteja usando a pulseira. Arma implantada próximo ao ombro esquerdo, dispara faixes de laser concentrado. Sistema de iluminação no lado direito. Sua boca é capaz de enviar os vírus pelo ar, vírus que estão sendo cultivados nessa cúpula blindada e transparente acima. Câmeras espalhadas em sua frente, lhe garantindo uma visão 180º.

   


- Victor von Doom


Ações & Poderes

- Fala - "Pensamento"
❝ Poderes (Passivos)❞
[P] SUPORTE DE VIDA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Descrição: A armadura de Doom é preparada para sobrevivência no espaço e locais de alta pressão, o mantendo vivo, com água, comida, ar, higiene e energia interna renovável. Este moderno sistema possui reservatórios e um sistema de reciclagem interligados.


[P] SENSORES TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus: +1 em testes de Reflexos
Descrição: Sua armadura é equipada com visão infravermelho, visão no escuro, scanners espalhados pelo corpo, lentes oculares de telescópio e microscópio, amplificadores de ouvido, parabólicas instaladas dentro do capacete permitem que  Doom possa detectar sons extremamente fracos e frequências incomuns dentro da faixa audível para os seres humanos.


[P] COMPUTADOR REMOTO • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Recarga: Passiva ou 1 vez por ação (caso tente invadir um sistema ou se defender).
Descrição: Doom consegue ter acesso a internet através de sua armadura, sendo capaz de invadir qualquer sistema conectado a internet, rede sem fio, sinais de rádio e tv ou até conectado fisicamente a ele. Entretanto o seu sistema remoto não é conectado com o resto da sua armadura, para evitar o seu controle.
Nota: Deve alcançar com o teste, o Intelecto da vitima para surtir efeito.
Intelecto de Computadores: 01 Desktop Padrão, 03 Servidores, 06 Super-Computadores e 07 Agencias Super-Secretas (ou o Intelecto de quem o programou).


[P] ESTRUTURA DA ARMADURA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: -
Defesa: 1 vs Danos
Recarga: -
Descrição: A superficial, de cromo-niquel-cobalto e titânio implantados iônicamente;
[P] III Camada da Armadura
Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.
Recarga: -
Descrição: A terceira camada da sua armadura é feita com almofadas antichoque e isolante térmico.


[P] VOO MAGICO & TECNOLÓGICO.  • DESLOCAMENTO / TECNOLÓGICO, ARMADURA OU MÁGICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Velocidade: Intelecto x 20km/h. Pode dobrar a velocidade se gastar 1 ação.
Recarga: -
Descrição: Doom pode voar com a ajuda de jatos em seus pés, podendo voar até mesmo no espaço ou usar de propulsão dentro da água. Entretanto com o passar dos anos, Doom foi dominando a magia, sendo capaz de voar através da mesma, sem ajuda dos seus propulsores.


[P] APARATOS TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Peso & Tamanho: Pode recriar itens tecnológicos com peso e tamanhos reduzidos, divida o tamanho e peso pelo o seu valor de Intelecto.
Descrição: Doom pode adaptar qualquer aparato tecnológico a sua armadura, além de ser capaz de reduzir o tamanho e peso da tecnológica drasticamente devido a sua grande inteligencia.
Equipamentos: Os equipamentos comprados por Doom podem ser instalados em sua armadura, podendo os usar normalmente como se fosse o próprio equipamento. Doom não precisa realizar a manobra "sacar rápido" por estarem disponíveis na armadura.


[P] VONTADE SOBRE HUMANA I • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: A qualquer poder de controle ou leitura de mente vindo de alguém que tenha Intelecto igual ou inferior ao dele.
Descrição: É imune a poderes mentais, devido a sua força de vontade sobre humana, um dos pontos de destaque de Doom, ao qual já enfrentou desafios até mesmo físicos ao qual nenhum outro mortal resistiria.


[P] DETECTAR MENTIRAS • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: Funciona contra seres de Intelecto inferior ao dele.
Descrição: É imune a mentiras, ninguém engana Doom, ele consegue descobrir quando alguém esta mentindo ou omitindo fatos para evitar mentiras. Por saber detectar mentiras, Doom também sabe mentir com convicção, suas palavras são tão convincentes quanto a verdade, além de descobrir facilmente as motivações e desejos das pessoas.


[P] SUPER CÉREBRO • INTELECTO
Grupo: Cannon
Descrição: Doom lembra de tudo que aconteceu em sua vida, cada detalhe desde o seu nascimento. As informações adquiridas são infinitamente armazenadas em seu cérebro, podendo ser lembradas com clareza pelo mesmo. Além disso ele pode realizar várias tarefas ao mesmo tempo por somente dedicar uma parte de seu cérebro a cada atividade (não ganha ações extras de combate, mas poderia consultar o computador enquanto combate por exemplo).


[P] UM PASSO A FRENTE • INTELECTO
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 para testes de Reflexo.
Descrição: Doom é capaz de antecipar as estrategias dos seus oponentes, é como em um jogo de xadrez, ele sempre esta a algumas jogadas a frente. Podendo descobrir o que é mais provável de ocorrer em alguma situação, como a fuga de algum prisioneiro. Também é útil em uma batalha, antecipando os ataques dos inimigos.


[P] IMUNIDADE A TECNOLOGIA • TECNOLÓGICO, MÁGICA
Grupo: Cannon
Imunidade: Quando o oponente tem intelecto inferior ou igual ao de Doom, ele é imune aos ataques que funcionam exclusivamente contra objetos e/ou equipamentos tecnológicos, devido os encantamentos feitos na armadura durante a sua construção. Isso também garante que Doom não será detectado por sensores tecnológicos, o que foi notado pelo homem de ferro ao ser pego de surpresa por Doom.
Descrição: A tecnologia de Doom é feita de Tecnomagia, sendo imune a efeitos que funcionariam contra itens tecnologicos.


[P] TALENTO MÁGICO I • INTELECTO, MÁGICA
Grupo: -
Bônus nos Testes: +3 nos testes de poderes mágicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para magia, executando com bastante facilidade.


[P] TALENTO TECNOLÓGICO I • TECNOLÓGICO, INTELECTO
Grupo: -
Bônus nos Testes: +2 nos testes de poderes tecnológicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para tecnologia, utilizando ela com facilidade.


[P] SUPER FORÇA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: -
Bônus: +1 nos testes de Potencia
Peso: Levanta até 50kgs x Potencia.
Descrição: A armadura de Doom lhe concede uma força sobre humana.


[P] FÍSICO SUPERIOR • FÍSICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 (Testes de reflexo) ou +3 (Se estiver sem armadura)
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Os anos de luta de Doom que por muitas vezes era realizado contra múltiplos oponentes habilidosos, deram a ele um preparo físico invejável, sendo um dos poucos a segurar o escudo do Capitão America no ar e até mesmo lutar contra um Leão sem qualquer armadura ou arma e até mesmo se passar pelo Demolidor. Doom recebe +1 em qualquer ataque ou teste que exija precisão e velocidade, com ou sem sua armadura.
Ação 01: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 1

Ação 02: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 2

Ação 03: bla bla bla

PODER DA AÇÃO 3

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor Ives em 02.07.14 3:15

Não vão nos pegar
Nós vamos correr, nada pode nos parar
Logo se escutarão, risadas e vozes
Além das nuvens, atrás das montanhas
Nós correremos por estradas vazias
Luzes do aeródromo iluminando-te





Reinstalar o Sistema



“Pane no sistema alguém me desconfigurou
Aonde estão meus olhos de robô?
Eu não sabia, eu não tinha percebido
Eu sempre achei que era vivo
Parafuso e fluído em lugar de articulação
Até achava que aqui batia um coração
Nada é orgânico é tudo programado
E eu achando que tinha me libertado
Mas lá vem eles novamente, eu sei o que vão fazer:
Reinstalar o sistema ”


-~~~-
Durante minha vida eu sempre acabava estudando as varias formas de suprimir os seres humanos, carisma, poder, medo... agora eu era o medo, me encarei no espelho e avaliei meu corpo absurdo e surreal tanto emocionado quanto assustado, um monstro Steampunk misturado com um anime, um monstro e ao mesmo tempo eu mesmo, eu era um monstro? As garras no lugar das mãos e aquela cúpula horrorosa, mas aquilo era o que eu era agora, eu iria sobreviver mais um dia.

- Certo, eu sou isso agora, essa criatura, você devia estar interessado nos meus poderes faz tempo para gastar tanto tempo com isso, inclusive acho que você se esforçou para que eu parecesse um vilão do filme “Número 9”, mas esta certo, só o medo que posso causar com minha aparência é metade do combate andado.

Continuei encarando a mim mesmo no espelho, observando as partes de meu novo corpo comecei a sentir que já sabia como usar minhas novas armas, meu novo corpo, eu... eu estava ficando forte, agora eu não fugia das maquinas, eu era A Maquina e eu estava gostando disso, era para eu estar morto, o que vier depois é lucro.

- Eu aceito, irei servir a você e agradeço pelo novo corpo, sei que você vai dizer que eu não tenho escolha e que iria me lobotomizar se precisasse, mas eu tenho alguns pedidos, 1º Se possível, eu quero participar da criação do meu novo corpo, meus vírus tem um tamanho minúsculo próximo a de um átomo, eu não preciso de um reservatório desse tamanho para fazer estrago, 2º Não me deixe falando sozinho, odeio isso, por enquanto é só, posso me levantar?




Thanks Tess
avatar
Victor Ives
Fantasma
Fantasma

Mensagens : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 08.07.14 14:24




?, ? de ? de ?

Latvéria?, Castelo?


Doom trocava algumas palavras com o jovem - Admito que não costumo usar da aparência, porém o que eu precisava para lhe manter vivo se encaixou perfeitamente em um protático que eu possuía para outros fins... Quanto ao vírus, não deve me conhecer para tal comentário, sei exatamente o tamanho dos vírus e quanto é necessário, porém minha falta de tempo me obrigou a usar essa cupula devido a instabilidade de suas glândulas após a perda de alguns órgãos, ainda tem uma segunda questão, consegui ampliar a eficacia do seu vírus o que deixou ainda mais instável... Mas esta cúpula e outros dispositivos que acrescentei a este seu novo corpo esta mantendo sobre "controle". - Doom fez um sinal com as mãos e você começava a sentir as extremidades do seu "corpo". Doom falava - Já é capaz de se mover. - Doom cruzava os braços e virava-se para os monitores onde aparecia a imagem de uma ilha em meio do mar - Você tem um longo caminho antes do novo corpo. O seu destino principal sera essa ilha, porém preciso que que você esteja afiado antes de ir até lá, enfrentará um grupo de rebeldes para testar suas habilidades, os seus monitores iram indicar os alvos, mutantes que se recusam a se entregar... Será descartado caso fira outras pessoas que não seja os alvos. Irei lhe enviar a 1km do esconderijo deles. - Doom une as mãos e faíscas começam a sair delas e a energia do lugar começa a falhar, até a energia em sua mão mudar para uma fonte de luz, ele ia abrindo ela até surgir um grande cubo de luz, ele ia se expandindo até 3 metros de diâmetro... Doom aguardava a entrada de Ives no cubo.

Caso Ives entra-se ia se deparar em um lugar de mata fechada, de noite e com os seus monitores indicando uma direção entre a mata.
 

- Victor von Doom


Ações & Poderes

- Fala - "Pensamento"
❝ Poderes (Passivos)❞
[P] SUPORTE DE VIDA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Descrição: A armadura de Doom é preparada para sobrevivência no espaço e locais de alta pressão, o mantendo vivo, com água, comida, ar, higiene e energia interna renovável. Este moderno sistema possui reservatórios e um sistema de reciclagem interligados.


[P] SENSORES TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus: +1 em testes de Reflexos
Descrição: Sua armadura é equipada com visão infravermelho, visão no escuro, scanners espalhados pelo corpo, lentes oculares de telescópio e microscópio, amplificadores de ouvido, parabólicas instaladas dentro do capacete permitem que  Doom possa detectar sons extremamente fracos e frequências incomuns dentro da faixa audível para os seres humanos.


[P] COMPUTADOR REMOTO • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Recarga: Passiva ou 1 vez por ação (caso tente invadir um sistema ou se defender).
Descrição: Doom consegue ter acesso a internet através de sua armadura, sendo capaz de invadir qualquer sistema conectado a internet, rede sem fio, sinais de rádio e tv ou até conectado fisicamente a ele. Entretanto o seu sistema remoto não é conectado com o resto da sua armadura, para evitar o seu controle.
Nota: Deve alcançar com o teste, o Intelecto da vitima para surtir efeito.
Intelecto de Computadores: 01 Desktop Padrão, 03 Servidores, 06 Super-Computadores e 07 Agencias Super-Secretas (ou o Intelecto de quem o programou).


[P] ESTRUTURA DA ARMADURA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: -
Defesa: 1 vs Danos
Recarga: -
Descrição: A superficial, de cromo-niquel-cobalto e titânio implantados iônicamente;
[P] III Camada da Armadura
Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.
Recarga: -
Descrição: A terceira camada da sua armadura é feita com almofadas antichoque e isolante térmico.


[P] VOO MAGICO & TECNOLÓGICO.  • DESLOCAMENTO / TECNOLÓGICO, ARMADURA OU MÁGICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Velocidade: Intelecto x 20km/h. Pode dobrar a velocidade se gastar 1 ação.
Recarga: -
Descrição: Doom pode voar com a ajuda de jatos em seus pés, podendo voar até mesmo no espaço ou usar de propulsão dentro da água. Entretanto com o passar dos anos, Doom foi dominando a magia, sendo capaz de voar através da mesma, sem ajuda dos seus propulsores.


[P] APARATOS TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Peso & Tamanho: Pode recriar itens tecnológicos com peso e tamanhos reduzidos, divida o tamanho e peso pelo o seu valor de Intelecto.
Descrição: Doom pode adaptar qualquer aparato tecnológico a sua armadura, além de ser capaz de reduzir o tamanho e peso da tecnológica drasticamente devido a sua grande inteligencia.
Equipamentos: Os equipamentos comprados por Doom podem ser instalados em sua armadura, podendo os usar normalmente como se fosse o próprio equipamento. Doom não precisa realizar a manobra "sacar rápido" por estarem disponíveis na armadura.


[P] VONTADE SOBRE HUMANA I • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: A qualquer poder de controle ou leitura de mente vindo de alguém que tenha Intelecto igual ou inferior ao dele.
Descrição: É imune a poderes mentais, devido a sua força de vontade sobre humana, um dos pontos de destaque de Doom, ao qual já enfrentou desafios até mesmo físicos ao qual nenhum outro mortal resistiria.


[P] DETECTAR MENTIRAS • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: Funciona contra seres de Intelecto inferior ao dele.
Descrição: É imune a mentiras, ninguém engana Doom, ele consegue descobrir quando alguém esta mentindo ou omitindo fatos para evitar mentiras. Por saber detectar mentiras, Doom também sabe mentir com convicção, suas palavras são tão convincentes quanto a verdade, além de descobrir facilmente as motivações e desejos das pessoas.


[P] SUPER CÉREBRO • INTELECTO
Grupo: Cannon
Descrição: Doom lembra de tudo que aconteceu em sua vida, cada detalhe desde o seu nascimento. As informações adquiridas são infinitamente armazenadas em seu cérebro, podendo ser lembradas com clareza pelo mesmo. Além disso ele pode realizar várias tarefas ao mesmo tempo por somente dedicar uma parte de seu cérebro a cada atividade (não ganha ações extras de combate, mas poderia consultar o computador enquanto combate por exemplo).


[P] UM PASSO A FRENTE • INTELECTO
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 para testes de Reflexo.
Descrição: Doom é capaz de antecipar as estrategias dos seus oponentes, é como em um jogo de xadrez, ele sempre esta a algumas jogadas a frente. Podendo descobrir o que é mais provável de ocorrer em alguma situação, como a fuga de algum prisioneiro. Também é útil em uma batalha, antecipando os ataques dos inimigos.


[P] IMUNIDADE A TECNOLOGIA • TECNOLÓGICO, MÁGICA
Grupo: Cannon
Imunidade: Quando o oponente tem intelecto inferior ou igual ao de Doom, ele é imune aos ataques que funcionam exclusivamente contra objetos e/ou equipamentos tecnológicos, devido os encantamentos feitos na armadura durante a sua construção. Isso também garante que Doom não será detectado por sensores tecnológicos, o que foi notado pelo homem de ferro ao ser pego de surpresa por Doom.
Descrição: A tecnologia de Doom é feita de Tecnomagia, sendo imune a efeitos que funcionariam contra itens tecnologicos.


[P] TALENTO MÁGICO I • INTELECTO, MÁGICA
Grupo: -
Bônus nos Testes: +3 nos testes de poderes mágicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para magia, executando com bastante facilidade.


[P] TALENTO TECNOLÓGICO I • TECNOLÓGICO, INTELECTO
Grupo: -
Bônus nos Testes: +2 nos testes de poderes tecnológicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para tecnologia, utilizando ela com facilidade.


[P] SUPER FORÇA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: -
Bônus: +1 nos testes de Potencia
Peso: Levanta até 50kgs x Potencia.
Descrição: A armadura de Doom lhe concede uma força sobre humana.


[P] FÍSICO SUPERIOR • FÍSICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 (Testes de reflexo) ou +3 (Se estiver sem armadura)
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Os anos de luta de Doom que por muitas vezes era realizado contra múltiplos oponentes habilidosos, deram a ele um preparo físico invejável, sendo um dos poucos a segurar o escudo do Capitão America no ar e até mesmo lutar contra um Leão sem qualquer armadura ou arma e até mesmo se passar pelo Demolidor. Doom recebe +1 em qualquer ataque ou teste que exija precisão e velocidade, com ou sem sua armadura.
Ação 01: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 1

Ação 02: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 2

Ação 03: bla bla bla

PODER DA AÇÃO 3

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor Ives em 09.07.14 2:03

Não vão nos pegar
Nós vamos correr, nada pode nos parar
Logo se escutarão, risadas e vozes
Além das nuvens, atrás das montanhas
Nós correremos por estradas vazias
Luzes do aeródromo iluminando-te




Doom e EU.


- Você é muito ignorante e pouco amigável, precisa de um cachorrinho, falando nisso eu quero a minha Gertrudes e a Alexandra de volta, elas não estavam no raio da explosão (Apesar de que elas sabem se virar bem).

Victor então se levantou e ficou sentando na mesa que até então estava deitado.

- Não meu xará, não te conheço e sinceramente não me importo, só me reponde uma coisa, você vai matar todos os rebeldes do mundo? Mesmo que todo o mundo se torne rebelde?

Ficou de pé e moveu as partes de seu “Novo Corpo” com se estivesse se espreguiçando, deu dois passos a frente e se aproximou de Doom:

- Quando eu estiver ali dentro quero que você fique em contato comigo, entendeu? Se for para apenas me largar e mandar que faça uma série de assassinatos vou fazer besteira, eu não sou um combatente e não sou preparado para isso e acho que você me escolheu como arma por mais de um motivo besta como um acaso como você deu a entender, se estou errado por que você teria trabalho em me manter vivo invés de apenas me estudar?

Ives se virou então para a Entrada do Portal e o atravessou ficando de frente para um local a noite, a escuridão apenas não era soberana pela luz refletida da Lua e das Estrelas, a mata fechada parecia frágil observado pelo ponto de vista novo do rapaz, agora que era uma maquina, podia também observar o caminho que tinha que seguir e começou a caminhar lentamente naquela direção.

- Então Doom, duvido que você não ficaria de olho em mim então me diga, qual era a sua real intenção sobre meu "ser"?




Thanks Tess

avatar
Victor Ives
Fantasma
Fantasma

Mensagens : 19

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Victor von Doom em 09.07.14 5:50




?, ? de ? de ?

Latvéria?, Castelo?


Perguntas, exigências e uma das piores coisas não reconhecer Doom. Não reconhecer Doom como um ser supremo era uma das piores afrontas para ele, fazendo sua paciência chegar ao fim. Havia muito o que fazer neste novo mundo, o tempo de Doom era precioso de mais para ficar debatendo com um peão, entretanto mesmo que fosse uma peça mais significativa o ego dele não deixaria passar certas coisas. Doom cruzava os braços e falava enquanto o corpo robótico travava - Sr. Victor Ives, como não compreende a sua insignificante posição e que suas exigências não valem o papel que a sua mente inferior poderia proporcionar nesta guerra, vou lhe por em sua real posição, a de um peão que mais vale ficar em silencio. A sua carcaça ao menos será útil para a minha guerra, sendo comandada por uma I.A. que reconhece o seu papel sem questionamentos ou perda do meu precioso tempo. - Um acido armazenado na armadura era liberado para a câmera do cérebro de Ives, dissolvendo por completo o seu cérebro, em seguida o robô ganhava movimentos mais uma vez e se dirigia até o cubo o atravessando.

O cubo desaparecia e Doom voltava a sua atenção aos monitores - O adversário parou de mover as peças... Mas o seu titulo de O Invencível não deve ser ignorado, porém compartilho o mesmo titulo... Deve estar esperando um momento oportuno.
 

Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?
Finalizado



- Victor von Doom


Ações & Poderes

- Fala - "Pensamento"
❝ Poderes (Passivos)❞
[P] SUPORTE DE VIDA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Descrição: A armadura de Doom é preparada para sobrevivência no espaço e locais de alta pressão, o mantendo vivo, com água, comida, ar, higiene e energia interna renovável. Este moderno sistema possui reservatórios e um sistema de reciclagem interligados.


[P] SENSORES TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus: +1 em testes de Reflexos
Descrição: Sua armadura é equipada com visão infravermelho, visão no escuro, scanners espalhados pelo corpo, lentes oculares de telescópio e microscópio, amplificadores de ouvido, parabólicas instaladas dentro do capacete permitem que  Doom possa detectar sons extremamente fracos e frequências incomuns dentro da faixa audível para os seres humanos.


[P] COMPUTADOR REMOTO • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Recarga: Passiva ou 1 vez por ação (caso tente invadir um sistema ou se defender).
Descrição: Doom consegue ter acesso a internet através de sua armadura, sendo capaz de invadir qualquer sistema conectado a internet, rede sem fio, sinais de rádio e tv ou até conectado fisicamente a ele. Entretanto o seu sistema remoto não é conectado com o resto da sua armadura, para evitar o seu controle.
Nota: Deve alcançar com o teste, o Intelecto da vitima para surtir efeito.
Intelecto de Computadores: 01 Desktop Padrão, 03 Servidores, 06 Super-Computadores e 07 Agencias Super-Secretas (ou o Intelecto de quem o programou).


[P] ESTRUTURA DA ARMADURA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: -
Defesa: 1 vs Danos
Recarga: -
Descrição: A superficial, de cromo-niquel-cobalto e titânio implantados iônicamente;
[P] III Camada da Armadura
Defesa: 3 vs o primeiro dano que fosse sofrer no turno.
Recarga: -
Descrição: A terceira camada da sua armadura é feita com almofadas antichoque e isolante térmico.


[P] VOO MAGICO & TECNOLÓGICO.  • DESLOCAMENTO / TECNOLÓGICO, ARMADURA OU MÁGICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Velocidade: Intelecto x 20km/h. Pode dobrar a velocidade se gastar 1 ação.
Recarga: -
Descrição: Doom pode voar com a ajuda de jatos em seus pés, podendo voar até mesmo no espaço ou usar de propulsão dentro da água. Entretanto com o passar dos anos, Doom foi dominando a magia, sendo capaz de voar através da mesma, sem ajuda dos seus propulsores.


[P] APARATOS TECNOLÓGICOS • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: Cannon
Peso & Tamanho: Pode recriar itens tecnológicos com peso e tamanhos reduzidos, divida o tamanho e peso pelo o seu valor de Intelecto.
Descrição: Doom pode adaptar qualquer aparato tecnológico a sua armadura, além de ser capaz de reduzir o tamanho e peso da tecnológica drasticamente devido a sua grande inteligencia.
Equipamentos: Os equipamentos comprados por Doom podem ser instalados em sua armadura, podendo os usar normalmente como se fosse o próprio equipamento. Doom não precisa realizar a manobra "sacar rápido" por estarem disponíveis na armadura.


[P] VONTADE SOBRE HUMANA I • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: A qualquer poder de controle ou leitura de mente vindo de alguém que tenha Intelecto igual ou inferior ao dele.
Descrição: É imune a poderes mentais, devido a sua força de vontade sobre humana, um dos pontos de destaque de Doom, ao qual já enfrentou desafios até mesmo físicos ao qual nenhum outro mortal resistiria.


[P] DETECTAR MENTIRAS • INTELECTO
Grupo: Cannon
Imunidade: Funciona contra seres de Intelecto inferior ao dele.
Descrição: É imune a mentiras, ninguém engana Doom, ele consegue descobrir quando alguém esta mentindo ou omitindo fatos para evitar mentiras. Por saber detectar mentiras, Doom também sabe mentir com convicção, suas palavras são tão convincentes quanto a verdade, além de descobrir facilmente as motivações e desejos das pessoas.


[P] SUPER CÉREBRO • INTELECTO
Grupo: Cannon
Descrição: Doom lembra de tudo que aconteceu em sua vida, cada detalhe desde o seu nascimento. As informações adquiridas são infinitamente armazenadas em seu cérebro, podendo ser lembradas com clareza pelo mesmo. Além disso ele pode realizar várias tarefas ao mesmo tempo por somente dedicar uma parte de seu cérebro a cada atividade (não ganha ações extras de combate, mas poderia consultar o computador enquanto combate por exemplo).


[P] UM PASSO A FRENTE • INTELECTO
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 para testes de Reflexo.
Descrição: Doom é capaz de antecipar as estrategias dos seus oponentes, é como em um jogo de xadrez, ele sempre esta a algumas jogadas a frente. Podendo descobrir o que é mais provável de ocorrer em alguma situação, como a fuga de algum prisioneiro. Também é útil em uma batalha, antecipando os ataques dos inimigos.


[P] IMUNIDADE A TECNOLOGIA • TECNOLÓGICO, MÁGICA
Grupo: Cannon
Imunidade: Quando o oponente tem intelecto inferior ou igual ao de Doom, ele é imune aos ataques que funcionam exclusivamente contra objetos e/ou equipamentos tecnológicos, devido os encantamentos feitos na armadura durante a sua construção. Isso também garante que Doom não será detectado por sensores tecnológicos, o que foi notado pelo homem de ferro ao ser pego de surpresa por Doom.
Descrição: A tecnologia de Doom é feita de Tecnomagia, sendo imune a efeitos que funcionariam contra itens tecnologicos.


[P] TALENTO MÁGICO I • INTELECTO, MÁGICA
Grupo: -
Bônus nos Testes: +3 nos testes de poderes mágicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para magia, executando com bastante facilidade.


[P] TALENTO TECNOLÓGICO I • TECNOLÓGICO, INTELECTO
Grupo: -
Bônus nos Testes: +2 nos testes de poderes tecnológicos.
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Doom tem um talento natural para tecnologia, utilizando ela com facilidade.


[P] SUPER FORÇA • TECNOLÓGICO, ARMADURA
Grupo: -
Bônus: +1 nos testes de Potencia
Peso: Levanta até 50kgs x Potencia.
Descrição: A armadura de Doom lhe concede uma força sobre humana.


[P] FÍSICO SUPERIOR • FÍSICO (AQUI!)
Grupo: Cannon
Bônus de Acerto: +1 (Testes de reflexo) ou +3 (Se estiver sem armadura)
Defesa: -
Recarga: -
Descrição: Os anos de luta de Doom que por muitas vezes era realizado contra múltiplos oponentes habilidosos, deram a ele um preparo físico invejável, sendo um dos poucos a segurar o escudo do Capitão America no ar e até mesmo lutar contra um Leão sem qualquer armadura ou arma e até mesmo se passar pelo Demolidor. Doom recebe +1 em qualquer ataque ou teste que exija precisão e velocidade, com ou sem sua armadura.
Ação 01: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 1

Ação 02: bla bla bla bla

PODER DA AÇÃO 2

Ação 03: bla bla bla

PODER DA AÇÃO 3

avatar
Victor von Doom
Humano
Humano

Mensagens : 1083

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Capitulo 03 - Momento de Paz: O que um Rato pode fazer?

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum